domingo, 17

de

outubro

de

2021

ACESSE NO 

Policiais civis, penais e peritos do IGP fazem mobilização contra reforma da previdência

Últimas Notícias

- Ads -

Manifestação fechou as duas pontes de Florianópolis na tarde desta terça

As duas pontes da capital do Estado, Pedro Ivo e a Colombo Salles, foram fechadas na tarde desta terça-feira, 20, para uma manifestação de funcionários público do Estado contra a reforma da previdência. Primeiro os manifestantes passaram pela ponte Colombo Salles e, na sequência, retornaram pela ponte Pedro Ivo, bloqueando o trânsito nos dois sentidos por cerca de uma hora por volta das 15h30.






O ato, no entanto, teve início às 13h30, em frente a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) e teve a participação de policiais civis, agentes do Departamento de Administração Prisional agentes do (Deap) e do Instituto Geral de Perícias (IGP).

Policiais civis, penais e peritos do IGP pedem a redução da pensão por mortes, a criação de uma alíquota extraordinária e diferenças entre as aposentadorias de policiais civis e militares.




Nesta segunda-feira, 19, mais de 30 entidades participaram da audiência pública na Alesc para discutir a reforma da previdência estadual.