Podemos anuncia apoio à chapa Norma Pereira e Juliano Seleme


Juliano Seleme e Norma Pereira selam parceria/Divulgação

Partido foi o que teve o maior aumento no número de filiados dos últimos anos

 

 

PARCERIA

O Podemos foi o partido que mais cresceu em Canoinhas nos últimos anos, chegando a posição de quarta maior força política em número de filiados na cidade. Para se ter uma ideia, em 2018 eram 88 filiados. No ano passado, os números saltaram para 480. Era o preparativo para as eleições municipais deste ano.

 

 

 

Pois bem, chegou a hora do partido se posicionar. Em reunião nesta segunda-feira, 24, o Podemos firmou apoio à pré-candidatura de Norma Pereira e Juliano Seleme, chapa pura do PSDB na disputa para prefeito e vice de Canoinhas.

 

 

 

 

“É a candidata que tem maior identidade com o grupo. Competência, ética, escopo político, tem uma linha política. O partido votou e foi por unanimidade. Vamos para a campanha com sangue nos olhos para defender o plano de Norma, para tirarmos a cidade desse marasmo, desse sentimento de que estamos perdendo espaço e representatividade em todas as áreas”, justificou o presidente do Podemos de Canoinhas, Roberto Todt.

 

 

 

 

O posicionamento do Podemos dá musculatura à campanha de Norma, que havia sido colocada em dúvida depois de a pré-candidata titubear sobre a escolha entre a prefeitura de Canoinhas e o Congresso Nacional, caso Carmem Zanotto (Cidadania) renuncie para assumir a prefeitura de Lages (leia mais abaixo).

 

 

 

O apoio é mais uma forma de pressão sobre o MDB. que insiste na candidatura de Paulinho Basilio a prefeito. Enquanto o MDB cisca em círculo, Norma vai avançando.

 

 

 

 

 

O caminhar dos fatos já acendeu o alerta vermelho no reduto pé-vermelho e Leoberto Weinert vem sendo assediado mais do que nunca. O MDB acredita que Norma aceite a vice se for com Weinert, que resiste. O que o MDB não admite, de jeito nenhum, é ser vice de outra sigla.

 

 

 

 

 

 

 

DIGA AO POVO QUE VOU

Deputada federal Carmen Zanotto/Arquivo

Em entrevista a um site de notícias da Serra catarinense, a deputada federal Carmem Zanotto (Cidadania) confirmou que é pré-candidata a prefeita de Lages. “Acredito que a minha experiência me deu conhecimento na área da gestão. Não é uma aventura, é um trabalho sério”, afirmou. Norma havia dito na entrevista ao JMais que não tinha ouvido da deputada tal posicionamento. Pois bem, ao assumir publicamente que é de fato pré-candidata a prefeita de Lages, Carmem dá um passo importante que afeta Norma como primeira suplente da coligação que elegeu Carmem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FORA

Vereador Célio Galeski (PSL) disse ontem que “ano que vem não vou estar na Câmara.” Ele vem conversando com Ivan Krauss (PRTB) visando a possibilidade de disputar a eleição na vice, mas Ivan, embora não negue a possibilidade, não admite. “Estamos conversando”, disse na entrevista concedida ao JMais na sexta passada.

 

 

 

O PRTB abriu mão do fundo partidário e do fundo eleitoral, mas o PSL não. O partido do governador Carlos Moisés será o que receberá a maior fatia dos dois fundos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

UROLOGISTA

A Câmara de Vereadores de Canoinhas está questionando o Município sobre a necessidade de o Município ter a especialidade de urologia em sobreaviso em Canoinhas. A cidade tem profissionais da área que só atendem particular, contudo, a demanda é alta.

 

 

 

Segundo a vereadora Zenici Dreher há um profissional que atende pelo consórcio CIS/Amurc em Porto União, mas ela reconhece que a demanda é alta e o número de consultas disponível é insuficiente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DESTINO

Vereador Paulinho Basilio apresentou requerimento a ser encaminhado ao Instituto do Meio Ambiente (IMA) cobrando que a multa de R$ 700 mil aplicada sobre a empresa responsável por um acidente envolvendo vazamento de biodiesel no rio Canoinhas venha para a região. Ele defende que o valor seja destinado ao Corpo de Bombeiros. “Sempre os primeiros que são chamados são os bombeiros. Entendendo essa demanda, resolvi fazer esse requerimento para pedir que esse recurso venha para a nossa região, equipando nosso Batalhão do Corpo de Bombeiros”, justificou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CELESC

Em resposta ao Requerimento, de autoria do deputado Jair Miotto, aprovado na semana passada na Assembleia Legislativa, o presidente da Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), Cleicio Poleto Martins, comparecerá na reunião da Comissão de Economia, Ciência, Tecnologia, Minas e Energia, da Assembleia, que ocorrerá às 13 horas desta terça-feira, 25.

 

 

 

 

Na ocasião, a Comissão irá buscar esclarecimentos com a Celesc sobre o aumento de 8,14% nas contas de luz e também sobre o possível retorno do corte de energia elétrica dos consumidores inadimplentes durante a pandemia.

 

 

 

 

 

 

 

 

TRISTE REALIDADE

De janeiro de 2019 até junho de 2020, ao menos 19 crianças com idade entre 10 e 14 anos foram internadas em hospitais de Santa Catarina por causa de abortos após estupros. Casos como o da menina de 10 anos que foi autorizada a fazer um aborto no Espírito Santo na semana passada, após engravidar do tio que a violentava desde os seis anos de idade. O episódio ganhou atenção e foi alvo de protestos, mas faz parte de uma realidade mais comum do que muitos imaginam.

 





Deixe seu comentário: