PM prende mais um suspeito de assalto a posto de gasolina


Armas e munições apreendidas com o primeiro suspeito preso no mesmo dia do assalto/Divulgação/Polícia Militar de Porto União

Primeiro suspeito foi preso no mesmo dia do assalto e indicou à polícia o nome do comparsa

 

 

Neste sábado, 20, policiais militares receberam informações do paradeiro de um dos suspeitos do assalto a um posto de gasolina, na localidade do Pintado, no interior de Porto União no dia 12 de junho.

 

 

 

Com as informações, os policiais tentaram localizar o suspeito e durante diligências, ele foi encontrado escondido na casa de um familiar, na área central do município de Irineópolis.

 

 

Uma equipe policial entrou na casa, localizou e identificou o suspeito, que recebeu voz de prisão. Ele foi encaminhado a Unidade Prisional Avançada de Porto União, conforme mandado de prisão expedido pela Justiça.

 

 

 

Segundo a Polícia, o suspeito estava preparado para seguir viagem para a Argentina.

 

 

O ASSALTO

Por volta das 20h de sexta-feira, 12, homens armados entraram na loja de conveniência de um posto de combustível na localidade do Pintado, em Porto União, e anunciaram um assalto. Os suspeitos fugiram em seguida em um veículo Fiat Punto de cor branca com faixas pretas nas laterais, levando quantia não informada em dinheiro do caixa do estabelecimento.

 

 

 

A Polícia Militar (PM) organizou uma operação de cerco no intuito de localizar os suspeitos e as armas. Em um certo momento, uma equipe policial se deparou com o veículo próximo à localidade de Colônia Escada, em Irineópolis. Os policiais começaram a seguir o veículo, mas acabaram perdendo a localização dos suspeitos.

 

 

Com base nas informações repassadas por Porto União, equipes da PM de Canoinhas iniciaram uma grande operação com apoio de policiais de vários municípios no intuito de prender os suspeitos.

 

 

 

As Redes Rurais de Segurança e as Redes de Vizinhos iniciaram o monitoramento. Várias informações foram sendo filtradas através dos grupos nas redes sociais, e através delas, a PM chegou à localização do veículo, do armamento e de um dos suspeitos em uma garagem. O homem confessou ter participado do assalto. Questionado sobre o veículo, o suspeito disse ter ido a Porto União com um amigo. Ele entregou uma espingarda calibre 12 e um Rifle calibre 22  aos policiais. Através de uma foto mostrada pela PM a um dos funcionários do posto, ele foi reconhecido. Na sequência, o detido acabou indicando o outro suspeito que estava com ele no ato criminoso.

 

 

O homem foi preso e conduzido juntamente com as armas e o carro para a Delegacia de Polícia Civil de Porto União.





Deixe seu comentário: