Planalto Norte atinge 82,6% de ocupação de leitos de UTI para covid


Rápida evolução no número de internamentos acende alerta para Canoinhas e região 

 

 

 

A região do Planalto Norte catarinense atingiu 82,6% de ocupação de leitos de UTI para tratar doentes de covid-19 neste sábado, 25. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde.

 

 

 

Dessa forma, autoridades de saúde ouvidas pelo JMais avaliam ser inevitável que na próxima semana a região passe do estado grave para gravíssimo em termos de possibilidade de contaminação pelo coronavírus.

 

 

 

O Hospital Santa Cruz de Canoinhas (HSCC) já está atendendo acima da sua capacidade na ala covid. São cinco vagas de UTI para tratar doentes de covid-19, porém, já são oito os internados. Somente um necessitava de ventilação mecânica nesta sexta-feira, 24. Desde a semana passada o HSCC vem recebendo doentes de outras regiões por causa da falta de leitos em cidades que atingiram sua capacidade máxima.

 

 

 

 

O Planalto Norte tem 23 leitos de UTI para tratar doentes de covid-19, destes, 20 estavam ocupados neste sábado.

 

 

 

 

ESTADO

A situação no Estado só tem piorado nos últimos dias. Há 67.333 pacientes com teste positivo para covid-19, dos quais 56.117 já estão recuperados e 10.336 permanecem em acompanhamento. O balanço foi divulgado neste sábado, 25. A doença respiratória causou 880 mortes no estado desde o início da pandemia. Esses números colocam a taxa de letalidade em 1,31%.

 

 

 

 

>> Confira aqui o boletim diário deste sábado, 25

 

 

 

 

O número de municípios com casos confirmados é 289, e há 142 com pelo menos um óbito. A maior quantidade de pacientes com covid-19 está em Joinville, que registra 5917 casos. Na sequência, aparecem Blumenau (4335), Balneário Camboriú (3570), Chapecó (3402), Itajaí (3173), Florianópolis (2931), Criciúma (2056), Palhoça (2001), Concórdia (1716) e Brusque (1696).

 

 

 

 

Há 1.349 leitos de UTI pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o Estado, dos quais 1092 estão ocupados, sendo 478 por pacientes com confirmação ou suspeita de covid-19. A taxa de ocupação geral é de 80,9% e há 257 leitos vagos.

 





Deixe seu comentário: