Paulinho Basilio e Norma Pereira voltam à mesa de negociações


Paulinho Basilio e Norma Pereira/Biluka/Divulgação

Norma deve bater o martelo e ser candidata a vice do emedebista

 

 

PERTO DO ACORDO

O final de semana promete ser movimentado no ninho tucano e no reduto pé-vermelho em Canoinhas. Norma Pereira (PSDB) e Paulinho Basilio (MDB) voltaram a conversar e, pelo que indicam interlocutores dos dois lados, a negociação está mais próxima do que nunca de um desfecho.

 

 

 

 

Norma está próxima de ceder a cabeça de chapa para Paulinho, indo, dessa forma, na sua vice. “Estamos esperando o 100%”, disse pessoa próxima aos dois. A negociação é tão delicada que ambos os partidos marcaram a convenção para os últimos minutos possíveis (quarta, 16, às 19 horas). Eles também querem capitalizar o maior número possível de apoios  e miram, especialmente, Ivan Krauss (PRTB), a fim de formar uma coalizão mais robusta contra Beto Passos (PSD). Paulo Machado (PSB), que promete se oficializar como candidato a prefeito na quarta, 16, deixou claro em entrevista ao JMais nesta sexta, 11, que só precisa de um sinal do MDB para apoiar a iminente chapa.  Dessa forma, a oposição se aglutinaria em torno de uma só candidatura, ampliando as chances contra Passos.

 

 

 

 

Norma e Paulinho seguem fechados em copas para a imprensa, o que indica que o acerto depende de fatores desconhecidos do grande público, mas que, ao que tudo indica, estão próximos do ajuste.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FATOR

Para Norma, conta, certamente, a confirmação de Carmen Zanotto como candidata a prefeita de Lages. Se eleita, Carmen abre a vaga na Câmara dos Deputados para Norma, primeira suplente da coligação que elegeu Carmen.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DOIS PÁSSAROS VOANDO

Vereador Célio Galeski/Arquivo

Célio Galeski (PSL) terá de deixar para 2024 o sonho de ser prefeito de Canoinhas. Queria ser vice nessa, mas depois de ser desenganado por Beto Passos (PSD) e cozinhado por Paulinho Basílio (MDB) optou por ocupar uma secretaria no possível segundo mandato de Passos. Nem à Câmara, Galeski deve ir.

 

 

 

 

 

 

 

 

 VAI MESMO?

Um dia depois de Luis Shimoguiri (PSD) confirmar sua candidatura a reeleição, seu vice, Gilson Nagano (PL) reúne a militância neste domingo, 13, para, conforme ele vem reafirmando, oficializar sua candidatura a prefeito de Três Barras.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CONTRAPONTO

Sobre a coluna de quarta-feira, 9, que mostrou que a Câmara de Vereadores de Bela Vista do Toldo vai analisar denúncia feita contra a Prefeitura envolvendo contratos suspeitos, o prefeito Adelmo Alberti (PSL) enviou a seguinte nota ao JMais:

 

 

 

“A administração tomou conhecimento dos fatos apenas quando da sessão da Câmara de Vereadores do dia 8 de setembro, não tendo sido procurada anteriormente. Que desconhece qualquer irregularidade e se compromete a demonstrar todos os documentos comprobatórios tão logo sejam requeridos pelos órgãos competentes, possuindo total interesse na elucidação dos fatos e na demonstração da verdade.”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LAÇOS DE FAMÍLIA

As três candidaturas a prefeito de Major Vieira tem mais a ver do que os candidatos gostariam. O vice de Aline Ruthes (PSDB), Márcio Veiga (PP), é cunhado de Jairo Semczack (Podemos), que por sua vez é vice de Hélio Schroeder (MDB). Hélio é primo de Edson Schroeder (PT), vice de Adilson  Lisczkovski (Patriota).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TÍTULO

Timbó Grande foi reconhecida pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina como Cabocla do Contestado, título que valoriza a cidade como personagem importante da Guerra que assolou a região no começo do século passado.

 

 

 

 

 

 

PLACAR

Governador Carlos Moisés/Divulgação

Alvo de dois pedidos de impeachment que tramitam na Assembleia Legislativa, a situação política do governador Carlos Moisés (PSL) é mais do que delicada. Se fosse hoje a votação da autorização para abertura do processo contra ele, a vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido) e o secretário Jorge Tasca pelo supostamente irregular pagamento de uma gratificação aos procuradores do Estado, o trio não poderia contar com mais do que seis votos entre os 40 votos deputados estaduais.  A estimativa é do colunista Upiara Boschi da NSC Total.

 

 

 

 

 

 

 

 

VACINA

Santa Catarina entrou na corrida pela vacina contra o novo coronavírus. O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, confirmou que já há tratativas em andamento para garantir doses, mas sem mais detalhes.

 

 

 

 

 

 

8%

dos eleitores em SC têm mais de 70 anos. Na comarca de Canoinhas, 19 pessoas têm mais de 100 anos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CARROS DE LUXO

O Ministério Público Estadual aceitou a denúncia do deputado Bruno Souza (Novo) sobre a suposta compra irregular de 85 carros de luxo num total de mais de R$ 10 milhões feita pela Secretaria de Estado da Educação e instaurou inquérito civil.

 

 

Ao fiscalizar o estoque de materiais para a instalação de equipamentos de climatização no almoxarifado da secretaria, o parlamentar se deparou com os veículos estacionados no local. “Na época investigava porque os nossos estudantes em pleno Verão sofriam com o calor por falta da instalação de fiação elétrica. Descobri que a secretaria não resolvia a situação do calor dos estudantes e ainda gastava mais de R$ 10 milhões para carros de luxo. Não dá para acreditar”, explica Bruno.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

JARDINAGEM

Tendo em vista as controvérsias geradas em torno das licitações promovidas pelo governo para a realização de jardinagem nas escolares estaduais, o deputado Mauricio Eskudlark solicitou que os recursos destinados para esta finalidade sejam enviados por meio dos cartões administrativos utilizados pelos gestores das unidades para pequenos reparos.

 

 

Na denúncia feita pelo deputado, o exemplo foram os gastos com escolas da regional de Mafra, que engloba Canoinhas. Nesta semana novo edital foi aberto.

 

 

 

 

 

 

 

 

CADEIRA

O ex-prefeito de Presidente Getúlio, Nilson Francisco Stainsack (PP), assumiu uma vaga na Câmara dos Deputados. Ele é primeiro suplente da coligação que elegeu o deputado Darci de Matos (PSD), licenciado para disputar a prefeitura de Joinville.

 





Deixe seu comentário: