domingo, 28

de

novembro

de

2021

ACESSE NO 

Pandemia torna urgente pleito do Planalto Norte por UTI pediátrica

Últimas Notícias

- Ads -

De Porto União a São Bento do Sul há apenas UTI neonatal em Mafra

 

 

 

RISCOS

Há um ano, quando a pandemia chegou a região, o médico pediatra que atua na UTI neonatal de Mafra, Dr Geraldo Chaves, expressou sua preocupação à coluna sobre a falta de estrutura hospitalar na região para atender a demanda que com o tempo viria. Ele expressava preocupação, particularmente, com a falta de estrutura para atender as crianças.

 

 

 

O que se viu nos meses seguintes foi um vírus altamente mortal para pessoas mais velhas que pouco afetou as crianças. 2021 chegou e não encontrou a estrutura hospitalar que deveríamos ter para enfrentar a pior fase da pandemia. O mais dramático: as variantes estão atingindo pessoas mais novas e matando até mesmo bebês.

 

 

 

 

“O Estado tem aproximadamente 90 leitos de UTI pediátricos ( não contei os leitos de neonatologia que recebem crianças até 28 dias de vida). Se os leitos triplicaram (creio que não) em um ano, hoje não existem nem 300. Será que não é um ótimo argumento para que as crianças continuem em casa com aulas a distância? Ah! São poucas as que precisarão de UTI… Será? Sem a covid é fácil conseguir vaga em UTI pediátrica?”, questiona o médico.

 

 

 

A preocupação não é só de Chaves. A Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina, por exemplo, elegeu o tema como principal elemento de preocupações na região do Planalto Norte. A aflitiva situação da covid-19 ajudou a escancarar as dificuldades do setor na região e o tema surgiu na pauta de reunião plenária regional realizada de forma virtual na semana passada.

 

 

 

 

O presidente da Facisc, Sérgio Rodrigues Alves, sugeriu a criação de centro de radioterapia, do hospital infantil e de UTI pediátrica como bandeiras, após a apresentação realizada pelo coordenador médico do Hospital Santa Cruz de Canoinhas, Michael Ricardo Lang.

 

 

 

O médico falou sobre a importância da criação de um mapa de especialidade da saúde por cidade, e destacou o atendimento pediátrico como essencial para a região.

 

 

 

“O que falta para a população do Planalto Norte é um hospital infantil. Quase 25% da população da região está sem atendimento. Hoje estes atendimentos são realizados em Joinville. São quase 87 mil crianças e adolescentes. Não temos UTI pediátrica e apenas uma UTI neonatal em Mafra”, apelou.

 

 

 

 

 

 

 

O presidente do Hospital Santa Cruz, Reinaldo de Lima Jr, também participou da reunião. “É um objetivo que almejamos há tempos, de trazermos uma UTI pediátrica para Canoinhas, mas entendemos que o momento é delicado”, admite.

 

 

 

 

 

 

 

 

“O que o deputado Kennedy Nunes está fazendo para combater a pandemia? Que faça um vídeo explicando o que está fazendo para acabar com a pandemia”

do prefeito Beto Passos. O deputado estadual gravou vídeo criticando o governo e o lockdown

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ME INCLUA FORA DESSA

O governador Carlos Moisés (PSL) foi um dos seis governadores que não assinaram a carta aberta com cobrança e propostas para melhorar o combate à pandemia do novo coronavírus no Brasil. O “Pacto Nacional em Defesa da Vida e da Saúde” foi divulgado na quarta-feira (10) e tem a assinatura de 21 governadores.

 

 

 

 

 

 

NOVO GOVERNO

Prefeito de Bela Vista do Toldo, Adelmo Alberti (PSL) começou a nomear a nova equipe de governo adequada a reforma administrativa promovida por ele no mês passado. Rodrigo Kucarz segue respondendo pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, agora com nova nomenclatura. Os demais cargos com portaria já assinada são de segundo escalão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CONDENADOS

Três envolvidos na operação Alcatraz foram condenados na semana passada a penas de 10 a 12 anos de detenção, além de multa, por fraude em licitação. A sentença foi proferida pela juíza da 1ª Vara da Justiça Federal em Florianópolis, Janaina Cassol Machado. Cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre.

 

 

 

 

 

Os três réus foram condenados, segundo a sentença, por fraude e superfaturamento em um contrato emergencial de 2011. O grupo, segundo apurou a investigação, emitia notas frias em supostas prestações de serviço e, em troca, recebia o dinheiro público.

 

 

 

 

 

Entre os réus está o ex-secretário de Administração de Santa Catarina, Nelson Castello Bracon Nappi Junior. Ele foi condenado a 12 anos e 1 mês de detenção em regime inicial semiaberto, além de multa. A juíza manteve a prisão preventiva de Nappi, que responde a outros processos também no âmbito da Alcatraz.

 

 

 

 

 

SPUTNIK

Divulgação

Municípios de Santa Catarina fizeram o requerimento da compra de 4,1 milhões de doses da vacina Sputnik. As prefeituras encaminharam uma carta de intenções à empresa indicando a quantidade de imunizantes que desejam. Foram 233 cidades que assinaram a carta (incluindo Canoinhas e outras cidades da região) e, segundo a Federação Catarinense de Municípios (Fecam), que gerencia o processo, outras 32 cidades também devem apresentar solicitações.

 

 

 

 

 

 

 

 

PRESSÃO

A formação de um consórcio nacional de prefeituras interessadas em comprar vacinas contra a covid-19 tem o objetivo imediato de pressionar o Ministério da Saúde sobre a urgência da situação. Nas reuniões de associações municipais em Santa Catarina, prefeitos têm avaliado que a energia investida já terá valido a pena se fizer o governo central abandonar a inércia em que se encontra. O colunista Evandro de Assis, da NSC, elencou pelo menos três motivos que tornam quase impossível a aquisição de vacinas pelos Municípios.

 

 

 

 

 

 

 

“Vivemos uma tragédia por dia”

do presidente da Federação Catarinense dos Municípios, Clenilton Pereira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SEM CANDIDATO

Antonio Rueda e Fábio Schiochet, dirigentes do PSL, alinham aliança com Gelson Merisio (PSDB)/Divulgação

O PSL de Santa Catarina vem trocando afagos com o candidato derrotado nas eleições passadas, Gelson Merisio (PSD), a despeito do fato de que Carlos Moisés segue no partido e, até que diga o contrário, é candidato a reeleição.

 

 

 

 

 

O movimento dos peeselistas mostram o total descrédito que a classe política atribui ao governador.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MOVIMENTO

Os deputados Carlos Chiodini (federal) e Valdir Cobalchini (estadual), ambos MDB, começam a travar uma batalha silenciosa pelo domínio do Planalto Norte. Chiodini deve ir a reeleição em 2022 e Cobalchini quer subir um degrau na trajetória política e ir para Brasília. Ameaçado, Chiodini articula a candidatura de Paulinho Basilio para deputado estadual. Cobalchini já sondou o presidente da Associação Empresarial e do Hospital Santa Cruz de Canoinhas, Reinaldo de Lima Jr, para entrar na disputa.