No Rio, Vasco empata sem gols com Grêmio


Foto: Gremio.net

Em São Paulo, Palmeiras bate o Santos no clássico

 

 

Na tarde deste domingo, 23, o Vasco ficou no 0 a 0 com o Grêmio em São Januário. Com esse resultado, a equipe carioca desperdiçou a chance de retomar a liderança do Campeonato Brasileiro. Agora, o time de São Januário ocupa a segunda posição da classificação, com 10 pontos em quatro jogos. Assim, o líder, no fechamento da rodada, é o Inter. Os gaúchos somam 12 pontos em cinco jogos. Esse foi o quarto empato seguido do Grêmio, que tem sete pontos em oitavo lugar.

 

 

O cruzmaltino chegou nesse confronto com 100% de aproveitamento, mas não conseguiu fazer um bom jogo. A etapa inicial teve um tênue domínio dos gaúchos. Jean Pyerre conseguiu liderar a equipe tricolor, que chegou perto do gol com Alisson e Orejuela. Após o intervalo, o Vasco voltou um pouco melhor, mas não chegou nem perto da atuação do meio da semana contra o Ceará, quando marcou três gols nos últimos 45 minutos.

 

 

 

Cano teve boa chance depois que o goleiro gremista Paulo Victor saiu mal, mas o artilheiro argentino chutou por cima. O atacante Vinícius fez bela jogada e chutou de curva de fora da área, mas o goleiro do Grêmio apareceu bem e evitou o gol. Depois disso, os dois times pouco fizeram e o placar ficou fechado em São Januário: 0 a 0.

 

 

PALMEIRAS BATE SANTOS

A tarde deste domingo também teve clássico no Morumbi, que terminou com vitória de 2 a 1 do Palmeiras sobre o Santos.

 

 

Luiz Adriano, centroavante do Palmeiras, abriu o placar em cobrança de pênalti em um dos últimos lances da etapa inicial. A penalidade foi marcada após toque de mão de Alison, que estava na barreira em cobrança de falta de Bruno Henrique. O atacante Luiz Adriano bateu forte, e o goleiro santista João Paulo, que até foi na bola, não conseguiu evitar o gol.

 

 

Mas, logo no início da etapa final, o Santos conseguiu igualar o placar. Aos dois minutos, Sánchez cruzou na área, Jobson desviou de cabeça e Ramires mandou contra o próprio gol. 1 a 1.

 

 

Depois, o Palmeiras, que tinha uma leve superioridade, conseguiu marcar mais um. E foi um belo gol, mas que começou com um erro na saída de bola do Santos. Jobson tentou virar o jogo, mas deixou a bola no pé do meia Lucas Lima. Daí o lance seguiu para William e para Patrick de Paula, que pegou de primeira, de dentro da área, para fazer um golaço e definir a vitória do Verdão. 2 a 1. Com o resultado, o Palmeiras alcança os oito pontos, enquanto o Santos fica com sete.

 

 

CORITIBA VENCE A PRIMEIRA

Na tarde deste domingo, o Coritiba superou o Bragantino por 2 a 1, fora de casa, e conseguiu os primeiros três pontos nesta edição do Campeonato Brasileiro. Com a orientação do técnico interino Mozart, a vitória veio de virada após quatro derrotas seguidas. No estádio Nabi Abi Chedid, os donos da casa abriram o placar com Alerrandro. O Coritiba empatou na sequência com Sabino, em cobrança de pênalti. E, na etapa final, Robson virou o jogo para o Coxa.

 

 

CEARÁ SUPERA BAHIA

O Ceará conseguiu na noite deste domingo, 23, a sua primeira vitória na atual edição do Campeonato Brasileiro. O triunfo de 2 a 0 foi alcançado sobre o Bahia na arena Castelão, em Fortaleza.

 

 

 

Na última partida da quinta rodada da competição, o Vozão abriu o placar aos 11 minutos do primeiro tempo com o atacante Cléber, após cobrança de escanteio.

 

 

O segundo gol saiu apenas na etapa final, aos 30 minutos, quando Fernando Sobral puxou contra-ataque e tocou para Mateus Gonçalves, que marcou o 2 a 0 após driblar o goleiro Anderson.

 

 

TRICOLOR TRIUNFA FORA DE CASA

Quem também triunfou na noite deste domingo foi o São Paulo, que bateu o Sport por 1 a 0 na Ilha do Retiro, em Recife.

 

 

O gol da vitória não demorou a sair, veio aos 5 minutos, quando o recém-contratado Luciano tocou em profundidade para Pablo, que bateu na saída de Maílson para marcar.

 

 

FLAMENGO ARRANCA EMPATE COM BOTAFOGO NO ÚLTIMO MINUTO

O primeiro clássico carioca no Campeonato Brasileiro terminou sem vencedor. O Flamengo empatou em 1 a 1 com o Botafogo neste domingo, 23, em jogo disputado no estádio do Maracanã válido pela quinta rodada. Não foi desta vez que os rubro-negros conquistaram a primeira vitória no estádio atuando pelo Brasileirão. Até o momento foram três jogos, sendo dois empates e uma derrota. Já os alvinegros mantiveram a invencibilidade na competição, com três empates e uma vitória.

 

 

A equipe do técnico Doménec Torrent dominou no primeiro tempo. Aos 11 minutos assustou com um chute de Matheuzinho de fora da área, que obrigou o goleiro Gatito Fernandez a se esforçar para defender. Na sequência o atacante Bruno Henrique, de cabeça, quase abriu o placar aos 23, forçando mais uma complicada intervenção de Gatito. Os alvinegros conseguiram responder com perigo em dois contra-ataques. Aos 25, Luis Henrique perdeu na pequena área, em lance no qual o goleiro Diego Alves já estava vencido. Cinco minutos depois, o japonês Honda bateu da intermediária. A bola passou à esquerda da baliza adversária. Logo depois o Flamengo voltou ao ataque. Gabigol chutou forte, aos 34, para defesa de Gatito.

 

 

A rede balançou apenas nos acréscimos do jogo. A equipe do treinador Paulo Autuori abriu o marcador com um belo gol de Pedro Raul, de voleio, aos 47. No último lance do clássico, aos 50, o árbitro foi à cabine do VAR (árbitro de vídeo) e constatou, no monitor, que a bola bateu no cotovelo do zagueiro alvinegro Marcelo Benevenuto dentro da área após finalização de Bruno Henrique. Com o pênalti assinalado, Gabigol fechou o placar. Flamengo 1, Botafogo 1.

 

 

INTERNACIONAL VENCE ATLÉTICO-MG

O Internacional derrotou o Atlético-MG por 1 a 0, no estádio do Beira-Rio na noite deste sábado, 22, e assumiu a ponta do Campeonato Brasileiro. O gol da vitória saiu dos pés do meia Thiago Galhardo.

 

 

Jogando em casa, a equipe comandada pelo técnico argentino Eduardo Coudet tomou a iniciativa da partida desde o início. E esta postura foi premiada aos 7 minutos, quando Patrick tocou para Thiago Galhardo, que não teve dificuldades para vencer o goleiro Rafael.

 

 

Com a desvantagem, o Atlético-MG do argentino Jorge Sampaoli até ensaiou uma reação, mas o Internacional foi mais eficiente e conseguiu segurar a vantagem, que lhe garantiu a liderança do Brasileiro (pelo menos até o próximo domingo, quando joga o antigo líder Vasco).

 

 

CLÁSSICO EM GOIÁS

Quem também triunfou na 5ª rodada da competição foi o Goiás, que superou o Atlético-GO por 2 a 0 em partida realizada na Serrinha.

 

 

A vitória do Goiás começou a ser construídos aos 20 minutos do primeiro tempo com o volante Daniel Bessa, que aproveitou erro na saída do Atlético-GO para roubar a bola e marcar.

 

 

O 2 a 0 veio também de uma falha da defesa do Dragão. Já nos acréscimos da etapa final o atacante Victor Andrade aproveitou confusão entre o zagueiro Oliveira e o goleiro Jean para deixar o seu. Placar final, Goiás 2, Atlético-GO 0.

 

 

FLUMINENSE VENCE NA ARENA DA BAIXADA

O Fluminense conquistou uma importante vitória na Arena da Baixada neste sábado, 22. Apesar do placar mínimo de 1 a 0, superou o Athletico-PR em casa, onde dificilmente é derrotado. O Furacão amargou a terceira derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro.

 

 

A partida começou morna, esquentou apenas aos 24 minutos, quando o árbitro Daniel Nobre Bins (RS) anulou o gol de Luccas Claro para o Fluminense.

 

Aos 40 o juiz voltou a invalidar um gol da equipe carioca, desta vez de Michel Araújo. O Furacão quase marcou aos 44. Richard finalizou e a bola saiu à esquerda de Muriel. Nos acréscimos da primeira etapa, o zagueiro Felipe Aguilar tentou cortar a bola na pequena área após cruzamento de Yuri e acabou marcando, contra, o gol solitário do Tricolor carioca.

 

 

 

 

 

 

 





Deixe seu comentário: