Mulher fica gravemente ferida em acidente na SC 477, em Canoinhas


Bombeiros precisaram usar ferramentas de desencarceramento para retirar a porta para efetuar o atendimento à vítima/Divulgação/Bombeiros de Canoinhas

Vítima de 61 anos estava no banco do carona

 

 

No final da tarde desta quarta-feira, 29, o Corpo de Bombeiros de Canoinhas foi acionado para atender a um acidente de trânsito no quilômetro 12 da SC 477, na localidade do Salseiro. A informação inicial era de que se tratava de uma saída de pista. No entanto, ao chegarem no local, os bombeiros constataram que se tratava realmente de uma saída de pista de um veículo Fiat Strada com placas de Canoinhas, porém, seguida de uma colisão contra uma árvore.

 

 

 

Segundo os bombeiros, o condutor de 64 anos, já havia saído do veículo e estava andando pelo local, apresentando um ferimento no nariz. Ele recusou o encaminhamento ao hospital.

 

 

 

Já no banco do carona, estava uma mulher de 61 anos, que ainda se encontrava no interior do veículo. Ela estava consciente e com sinais vitais normais, no entanto, apresentava suspeita de fratura no punho da mão direita. A mulher queixava-se de dores nas clavículas e dor na região no abdômen, que estava arroxeado.

 

 

 

Como a porta do carona encontrava-se emperrada devido a colisão, não foi possível a sua abertura. Os socorristas conseguiram avaliar e monitorar a vítima, entrando pelo lado do condutor. Eles imobilizaram o braço direito da paciente ainda dentro do veículo; porém, não conseguiram fazer a sua retirada pelo lado do condutor. Foi necessário acionar a viatura de resgate – o caminhão autotanque ABTR 124. Com a chegada da viatura, os bombeiros utilizaram o desencarcerador hidráulico para efetuar a remoção da porta e, em seguida, retiraram a vítima utilizando a técnica de 90 graus, com maca rígida, seguindo o protocolo de resgate.

 

 

Após realizados os procedimentos padrões de atendimento pré-hospitalar, a paciente foi conduzida a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Canoinhas para atendimento médico.

 

 

O local ficou aos cuidados da Polícia Rodoviária Estadual.





Deixe seu comentário: