União da Vitória: Mototaxista diz ter sido usado em tentativa de estelionato

Divulgação

Advogado ainda não encontrado teria pedido para ele depositar um cheque fraudado

 

 

A Polícia Militar de União da Vitória foi acionada na tarde desta sexta-feira, 8, para atender uma denúncia de suposto golpe de estelionato em uma agência bancária.


 

Segundo o gerente da agência bancária, um homem estava tentando depositar um cheque no valor de R$ 34.550, que tinha indicativo de fraude. Os dados pessoais não conferiam.

 

 



O homem que tentava fazer o depósito era um mototaxista. Ele relatou que um advogado telefonou para ele se identificando como Doutor Luiz, dizendo que precisava de uma corrida de uma mototáxi para fazer o depósito de um cheque, já que tinha uma audiência trabalhista e não poderia se ausentar do Fórum. Ele pediu que o mototaxista enviasse o comprovante de depósito pelo WhatsApp.

 

 

O mototaxista disse que foi até o Fórum de Porto União, conversou com o suposto advogado, que lhe entregou um envelope contendo R$ 30, que seria o valor da corrida e o cheque. Ele afirmou que só ficou sabendo que o cheque era fraudado com a chegada da Polícia Militar.

 

O mototaxista foi encaminhado para a Delegacia. A Polícia tenta localizar o suposto advogado.

Deixe seu comentário: