terça-feira, 21

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Motorista morre carbonizado em acidente na BR 116, em Papanduva

Últimas Notícias

- Ads -

Acidente mobilizou equipes dos bombeiros de Papanduva e Major Vieira

Clemilson Freitas morreu carbonizado após o caminhão que ele conduzia tombar e incendiar às margens da BR 116, em Papanduva. O acidente aconteceu por volta das 6h desta quarta-feira, 28, nas proximidades do quilômetro 60 da rodovia.

Clemilson com o filho em homenagem postada por amigos no Facebook

Segundo os bombeiros de Papanduva, o caminhão era composto de um cavalo mecânico Iveco, engatado em um semirreboque, placas Mercosul. O veículo havia saído da pista e tombado às margens da rodovia, em um declive de aproximadamente 4 metros, se encontrava em chamas, tomando totalmente a cabine, bem como parte da carga que havia tombado.

No momento do incêndio, os bombeiros não conseguiram identificar a carga, e iniciaram o combate para controlar as chamas. Equipes dos bombeiros de Major Vieira deram apoio à ocorrência, tornando a ação mais rápida e efetiva.

Controladas as chamas, os socorristas deram início às buscas por vítimas nos arredores e no interior do veículo. Como não havia sinais de possíveis vítimas ejetadas, os bombeiros efetuaram a abertura da parte traseira da cabine para poder acessar o interior do veículo, e com este procedimento localizaram o corpo do motorista carbonizado.

Após a retirada do corpo, foi acionado o Instituto Geral de Perícias (IGP).

Ao todo, os bombeiros utilizaram aproximadamente 10 mil litros de água no combate às chamas, que durou cerca de 40 minutos.

Clemilson era casado com a ex-secretária de Saúde de Major Vieira, Alexsandra Castro. Ambos moravam em Major Vieira com o filho.