terça-feira, 5

de

julho

de

2022

ACESSE NO 

Mafrense vence Mister Brasil 2022 e vai disputar mundial na Polônia

Últimas Notícias

- Ads -

Guilherme Werner, de 27 anos, representou a região do Caminhos do Contestado e superou outros 40 candidatos

O mafrense Guilherme Werner, de 27 anos, teve o melhor desempenho e foi consagrado na madrugada de domingo, 8, como Mister Brasil CNB 2022. O evento foi realizado no Sibara Hotel, na cidade litorânea de Balneário Camboriú.

Representando a região de Caminhos do Contestado (SC), Guilherme superou outros 40 candidatos e conquistou a vaga para defender o país no mundial Mister Supranational, que acontece em julho, na Polônia.

Guilherme é o segundo catarinense a ocupar o trono nacional, já que antes dele, venceu em 2017 o joinvilense Matheus Song. O mafrense é dentista e recentemente decidiu dedicar-se ao sonho de construir uma carreira no mundo do entretenimento como ator e modelo.

“Eu estava passando por um momento de reconstrução pessoal, quando recebi o convite para participar da etapa estadual do Mister Brasil CNB, representando a nossa região. Não conhecia muito bem o concurso, mas gostei bastante, amadureci a ideia e resolvi arriscar. Representei Mafra e me tornei vice Mister Santa Catarina, e com essa colocação consegui a vaga para defender a faixa de Caminhos do Contestado no Nacional”, pontua.

Guilherme conta que a preparação exigiu foco e determinação e que todas as etapas do processo o ajudaram a vencer a timidez e ganhar mais experiência. “No concurso, passamos por uma série de etapas classificatórias antes do show da final, onde um corpo de jurados preliminares avaliou comportamento, oratória, desfiles em traje de gala e banho, além de engajamento social e outros quesitos. Foi uma jornada intensa, e estou muito feliz de dar mais esse passo rumo ao meu sonho. O concurso foi bem competitivo este ano, e vou fazer meu melhor para trazer a faixa de Mister Supranational para o nosso Brasil”, disse.

No desafio que viverá em julho na Polônia, Guilherme terá ao seu lado a paulista radicada no Paraná, Giovana Reis, de 21 anos, vencedora da etapa feminina/Divulgação

Com o título, Guilherme ganhou uma bolsa de estudos e o novo cetro do concurso, uma peça exclusiva criada pelo designer de joias Tiago Seixas. Entre outros prêmios, estão na lista uma viagem a Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e outra a Los Angeles, na Califórnia (EUA). No âmbito social, o 14º Mister Brasil CNB será um embaixador da luta contra a hanseníase no Brasil.

“O slogan do Mister Brasil CNB há muitos anos é ‘beleza pelo bem’, pois seu objetivo é fazer com que os misters direcionem toda a atenção atraída pela faixa para uma causa mais nobre e social. Por isso mesmo o candidato não é apenas avaliado pelos seus atributos físicos, mas principalmente pelo seu poder de empatia e comunicação e por alguma ação social que seja engajado e que goste de praticar. Há muitos anos eu trabalho com animais abandonados e vítimas de maus tratos, e foi esse projeto que apresentei na etapa específica que avalia esse ponto no concurso”, disse.

A próxima meta de Guilherme é se preparar para Mister Supranational na Polônia, concluir os compromissos de agenda do concurso e focar na carreira artística de ator e modelo.