sexta-feira, 1

de

julho

de

2022

ACESSE NO 

JMais lança home especial da Et Pater Filium

Últimas Notícias

- Ads -

Espaço especial traz todas as notícias postadas sobre a operação

Desencadeada em agosto de 2020, a Operação Et Pater Filium está na sua sétima fase e parece longe de acabar. Já foram presos os prefeitos de Canoinhas, Beto Passos (PSD); de Major Vieira, Orildo Severgnini (mandato encerrado em 2020); e o de Bela Vista do Toldo, Adelmo Alberti (PSL), além de ex-secretários, empresários e um vereador. Dezenas de mandados de busca e apreensão foram cumpridos por policiais e agentes do Gaeco, braço armado do Ministério Público de Santa Catarina, que conduz as investigações. A operação começou com uma conversa grampeada de um funcionário do DER do Paraná suspeito de corrupção. O fio da meada foi puxado e desencadeou o maior escândalo político da história do Planalto Norte catarinense.

Nesta terça-feira, 3, o JMais amplia a cobertura da operação lançando uma home especial que compila todas as reportagens postadas até hoje sobre a operação. Para acessar basta clicar aqui.

“A ideia é facilitar o acesso dos nossos leitores a todas as informações sobre a maior e mais impactante operação policial que Canoinhas e região já tiveram notícia. Dessa forma cumprimos com nossa missão de informar com o máximo de facilidade e didatismo o cidadão que busca entender os efeitos de uma operação desse vulto”, explica o editor do JMais, Edinei Wassoaski.

O especial traz reportagens, vídeos, lives e infográficos que explicam a operação passo a passo e deve ser atualizado constantemente, à medida que novas informações forem reveladas.

Atualmente, se sabe que o Ministério Público já ofereceu denúncia contra mais de 15 pessoas ligadas à sétima fase da operação, que teve Canoinhas como foco. Contudo, o documento segue em segredo de Justiça.