Hospital Santa Cruz de Canoinhas tem nova diretoria

Reinaldo na tribuna da Câmara/Adriana Hess/Divulgação

Presidente da Acic, Reinaldo de Lima Jr vai presidir também a diretoria da entidade

 

 

NOVA DIRETORIA

Foi eleita na sexta-feira, 5, a nova diretoria do Hospital Santa Cruz de Canoinhas (HSCC). Sai Artur presidência e entra o contador, atual presidente da Associação Empresarial de Canoinhas (Acic), Reinaldo de Lima Junior.


 

A diretoria ficou assim composta:

Reinaldo de Lima Junior  – presidente

Maria Helena Moskwyn – vice-presidente

Artur Rogério Burgardt – tesoureiro

Denilson Groli – segundo tesoureiro

Karin Adur – secretária

Andrielle Brey Leite – segunda secretária

 

 

Com bom trânsito na prefeitura, Reinaldo deve aproximar a tão distante relação entre o Município e a administração do HSCC. De perfil conciliatório, o novo presidente já começa a traçar estratégias diferentes de gestão. Nesta terça, às 11h, Reinaldo vai estar no programa Fala Cidade, da 98FM, para falar sobre seu plano de gestão.

 

 

HISTÓRIA LOCAL

Prefeito Beto Passos (PSD) sancionou projeto de lei que mexe com o currículo escolar da rede pública municipal de Canoinhas. O projeto, de autoria do vereador Coronel Mario Erzinger (PR), abre espaço para o ensino da história local nas escolas da rede pública municipal, dentro do contexto regional, abrangendo não só a história local, mas também as relações socioeconômicas e culturais e a história do Contestado.

 

 

O Município tem prazo de 180 dias para regulamentar a lei, ou seja, de que forma ela será aplicada.

 

 

BUEIROS INTELIGENTES

Modelo de bueiro inteligente/Arquivo

Prefeito Beto Passos (PSD) sancionou projeto de lei de autoria dos vereadores opositores Paulinho Basilio (MDB), Camila Lima (MDB), Telma Bley (MDB) e Norma Pereira (PSDB) que cria em Canoinhas os chamadas “bueiros inteligentes”. A lei deve ser regulamentada ainda.

 

Esse modelo de bueiro consiste em um cesto coletor com alças laterais de metal produzida em diversas medidas de acordo com cada bueiro, especificamente para cada modelo já existente na cidade, a fim de reter os materiais sólidos e facilitar o trabalho de limpeza, remoção e manutenção. O cesto coletor tem furos semelhantes a um filtro ou peneira.

 

 

A lei permite que o Município possa firmar convênios e parcerias com entidades da esfera federal, estadual e civil para obter os recursos financeiros que possibilitem viabilizar e executar a implementação do sistema.

 

 

O sistema pode ser implantado de forma gradativa e experimental nos locais sujeitos a inundações e, ainda, ser realizado em parceria com comunidades e entidades locais e a Secretaria de Obras do Município.

 



 

Pela Política Nacional de Resíduos Sólidos, os municípios são obrigados a dar destinação adequada para o lixo, incluindo os provenientes de serviços de limpeza urbana.

 

 

 

30%

Nove funcionários efetivos da prefeitura de Canoinhas passam a ter direito ao adicional de 30% sobre o salário a partir de termo assinado na semana passada pelo prefeito Beto Passos.

 

 

 

AGORA VAI

Foi marcada para 9 de maio o processo licitatório para a concessão dos serviços públicos de exploração, controle e manutenção do estacionamento rotativo de veículos nas vias e logradouros públicos de Canoinhas, com 1.315 vagas.

 

 

 

MARCHA DOS PREFEITOS

Cerca de 170 prefeitos de SC – entre eles Beto Passos e Orildo Severgnini (Major Vieira) – estão em Brasília participando da 22ª Marcha dos Prefeitos. Entre as demandas dos prefeitos catarinenses estão  o pagamento em dia dos repasses para assistência social, aprovação do projeto que permite emendas individuais impositivas dos parlamentares sejam repassadas diretamente aos municípios e ampliação de recursos para a educação.

 

 

 

APOSENTADO

Famoso por receber um salário superior ao dos vereadores, o secretário legislativo da Câmara de Vereadores de Canoinhas José Luiz Lacowicz acaba de se aposentar pelo Instituto de Previdência do Funcionalismo Público Municipal.

 

 

MPSC

Descentralizar as estruturas de combate e investigação à corrupção, intensificar o combate às organizações criminosas e à lavagem de dinheiro e utilizar a tecnologia para se aproximar ainda mais da sociedade são pontos de destaque no plano de atuação do novo chefe do Ministério Público de Santa Catarina, Fernando da Silva Comin, que toma posse nesta quarta-feira, 10. A solenidade ocorrerá às 18 horas, no auditório da sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em Florianópolis.

 

 

Comin, que foi o candidato mais votado e nomeado pelo Governador do Estado, substituirá o atual Procurador-Geral de Justiça, Sandro José Neis. Com funções administrativas e de execução, o novo Procurador-Geral de Justiça atuou nas Comarcas de São José do Cedro, São Miguel do Oeste, Mafra, Chapecó, Joinville, Itajaí. Titular da 8ª Promotoria de Justiça da Comarca de Balneário Camboriú, ele exerceu o cargo de secretário-geral do MPSC de maio de 2015 a dezembro de 2018.

 

 

 

PONTOS NA CARTEIRA

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, afirmou nesta segunda-feira, 8, que o ministério enviará ainda nesta semana para o Palácio do Planalto uma proposta de projeto de lei que prevê o aumento do prazo de validade da carteira de motorista (atualmente de cinco anos) e também da quantidade de pontos pela qual o motorista perde a habilitação em caso de acúmulo de infrações.

O ministro não detalhou o projeto, mas disse que, além de aumentar a pontuação para a suspensão da carteira, a proposta também acelerará o processo de suspensão em casos de infrações mais graves, como dirigir sob o efeito de álcool.

Atualmente, o motorista pode ter a carteira suspensa se acumular, ao longo de 12 meses, 20 ou mais pontos. Esses pontos são acumulados de acordo com as infrações cometidas no trânsito.

O projeto também vai tornar mais ágil, disse o ministro, a suspensão da habilitação em casos de infrações muito graves, como dirigir sob o efeito de álcool.

 

Deixe seu comentário: