Homem perde telefone celular e R$ 1,6 mil ao cair no golpe do achadinho


Maço de jornais usado pelos golpistas/PM/Divulgação

Ele ainda entregou o documento de sua motocicleta

 

 

Na manhã desta quarta-feira, 9, por volta das 11 horas, um homem foi vítima do “golpe do achadinho”, em frente a farmácia Nova Fórmula no centro de Canoinhas. A Polícia Militar foi chamada, mas não conseguiu prender nenhum suspeito.

 

 

 

O homem relatou que foi até a Caixa Econômica Federal para sacar seu FGTS e, quando saiu da agência, em frente a Loja Vênus, viu um senhor derrubar algo no chão. Então um homem que estava na sua frente, de aproximadamente 25 anos, trajando blusa preta e calça jeans azul, pegou esse maço e lhe disse que tinha dinheiro dentro, sugerindo dividir o valor com ele.

 

 

 

 

A vítima argumentou que não seria justo e que eles deveriam procurar o dono.

 

 

 

 

Adiante, na rua Felipe Shimidt, eles encontraram o homem que derrubou o maço. Eles foram até ele, que se mostrou muito agradecido ao reaver a quantia que, segundo ele, seria de R$ 11,5 mil.

 

 

 

Para “agradecer” à vítima e ao outro estelionatário, seu comparsa, o dono do suposto dinheiro ofereceu uma gorjeta de R$ 800, que seria entregue pela secretária de uma Clínica onde o homem disse trabalhar. Quando se deslocaram para a clínica, o bandido que disse ter encontrado o dinheiro foi à frente e voltou dizendo à vítima que tinha dado certo, que ele já tinha recebido a parte dele da gorjeta.

 

 

 

 

Então, o bandido que perdeu o suposto dinheiro disse ter problemas cardíacos e que não poderia acompanhar a vítima até o local. Ele pediu à vítima que entregasse o “maço de dinheiro” à secretária. Para tanto, precisaria de uma garantia.

 

 

 

Então, a vítima entregou o seu telefone celular, a quantia de R$ 1.160 e mais o documento de sua motocicleta.

 

 

 

 

Chegando na clínica, a vítima falou com a secretária, que disse não haver ali nenhum funcionário com a descrição feita pela vítima. Ao abrir o “maço de dinheiro”, só encontrou jornais dobrados.

 

 

 

A Polícia averiguou as câmeras de segurança para possível identificação dos homens, mas nada de concreto foi apurado até o momento. Enquanto isso os policiais seguem em rondas a procura dos suspeitos.





Deixe seu comentário: