Grupos da terceira idade de Canoinhas celebram o Carnaval

Baile de mascaras terceira idade. Priscila Noernberg /Divulgação

Evento promovida pela Assistência Social busca a manutenção e o fortalecimento de relações saudáveis

 

 

 

A manutenção e o fortalecimento de relações saudáveis é uma medida recomendada para todos. Na terceira idade, essa estratégia se torna fundamental para diminuir a possibilidade de adoecimento físico e psíquico. É por isso que constantemente a Secretaria da Assistência Social promove encontros de confraternização entre os 36 grupos da terceira idade que são acompanhados pelo Programa de Apoio e Valorização à Terceira Idade (PAVI).

 


 

Ontem, 8, os idosos celebraram o Carnaval em um baile de máscaras realizado pelo Governo do Município de Canoinhas por meio da Secretaria da Assistência Social no pavilhão da igreja Nossa Senhora Aparecida, no bairro Piedade. “É importantíssimo estimular a convivência ativa com pessoas da mesma idadee exercer atividades prazerosas para encarar o envelhecimento da melhor forma possível”, destaca Cintia Aguiar, secretária da Assistência Social.

 

 

O baile foi animado gratuitamente pelo grupo musical do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Irineópolis. “E os lanches foram vendidos pela Associação Catarinense dos Deficientes. Então além de ser um evento que promovia a interação social, também era beneficente”, explica Cintia.

 

 

Prefeito Beto Passos, o vice Renato Pike e o presidente da Câmara Mario Renato Erzinger participaram da abertura do baile. “Que bom poder encontrar todos vocês aqui com saúde. É preciso agradecer a Deus pela oportunidade que ele nos dá de podermos conviver com nossos amigos aqui neste momento”, disse o prefeito Beto Passos.



 

 

Priscila Noernberg /Divulgação

Pike falou sobre felicidade: “a alegria de vocês é contagiante. Quero poder chegar nesta idade com a mesma disposição”. Erzinger narrou histórias particulares de convívio para estimular os presentes.

 

 

 

 

 

 

A Secretaria de Assistência Social tem como objetivo estimular cada vez mais o convívio entre os idosos. “Além de apresentarem uma percepção mais positiva da vida, quem interage com os outros deixa de se preocupar exclusivamente com doenças e os problemas que a idade traz. Isso também é um fator de proteção para estas pessoas”, completa Cintia.

Deixe seu comentário: