segunda-feira, 18

de

outubro

de

2021

ACESSE NO 

Governo de SC entrega oficialmente nova sede do CRAS de Três Barras

Últimas Notícias

- Ads -

Nova sede teve suas obras concluídas no final de 2018, porém, só entrou em operação em janeiro de 2020

 

 

O Governo de Santa Catarina entregou oficialmente à população de Três Barras o novo Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), situado no distrito de São Cristóvão.

 

 

A inauguração, na tarde desta quinta-feira, 18, contou com a presença do secretário de Estado do Desenvolvimento Social, Claudinei Marques, como também com autoridades municipais.

 

 

 

Com uma área construída de 171 m², a nova sede teve suas obras concluídas no final de 2018. Porém, só entrou em operação em janeiro de 2020. O local possui salas de atendimento ao público e que abrigam os serviços administrativos.

 

 

Porta de entrada da assistência social, o CRAS é responsável pela organização e oferta dos serviços de proteção básica do Sistema Único de Assistência (SUAS), nas áreas de vulnerabilidade e riscos sociais.

 

 

“Estou feliz por este momento e por fazer parte desta equipe, que é a responsável por acolher e defender os interesses das pessoas mais necessitadas do município”, disse Cleusa de Oliveira Côrrea, secretária adjunta de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda.

 

 

 

Entre os serviços disponíveis no CRAS está o Cadastro Único (CadÚnico), que é um instrumento de dados e informações que visa identificar todas as famílias de baixa renda existentes na cidade, a fim de incluí-las nos programas sociais do Governo Federal e do município.

 

 

 

A equipe técnica do CRAS é formada por duas assistentes sociais, uma psicóloga, cinco profissionais de nível médio e três auxiliares de serviços gerais.

 

 

Ao CRAS também estão vinculados o Serviço de Proteção Integral a Família (PAIF), que atende diretamente 185 famílias; o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que assiste 154 crianças e adolescentes de 06 a 17 anos; Programa Bolsa Família; demandas do INSS; e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que englobou 480 famílias nos meses de fevereiro e março.

 

 

 

Três Barras foi uma das 30 cidades catarinenses contempladas com novas sedes do CRAS, a partir de 2017, conforme lembrou a vice-prefeita Ana Claudia Quege.

 

 

 

No entanto, a luta por novas instalações começou anos antes, quando a atual vice-prefeita ainda era presidente do Conselho Estadual de Gestores da Assistência Social (Coegemas).

 

 

 

“Foram muitas discussões na mesa de pactuação. Os gestores da época deliberaram que os recursos que seriam utilizados em totens, fossem revertidos na construção de novos CRAS”, afirmou Ana Claudia.

 

 

 

Prefeito Luiz Shimoguiri destacou a importância do equipamento para o município, especialmente por ser a porta de entrada e oferecer serviços essenciais às pessoas de baixa renda. “Agradecemos o governo estadual por mais esta conquista e, partir dela, esperamos estreitar novas parcerias nas mais diversas áreas”, frisou.

 

 

 

Apesar do constante auxílio da Prefeitura, Shimoguiri afirmou que cerca de 650 famílias do município ainda vivem na extrema pobreza, com uma renda per capta de R$ 89,00. Por esse motivo, solicitou a intermediação do secretário junto ao Estado, para que o município possa receber recursos para novos investimentos na área de habitação e, também, na construção de bainheiros nas casas das famílias de baixa renda.

 

 

 

Por sua vez, o secretário Claudinei Marques garantiu a inclusão do município em ações de sua pasta, voltadas para a área de habitação. Outro compromisso, assumido por ele, foi a de lutar para que Três Barras receba um Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

 

 

 

“Esse é um serviço mais especializado, e que traz ainda mais humanismo aos atendimentos prestados às pessoas. Por isso estarei dando uma atenção especial ao município”, observou.

 

 

 

O CRAS iniciou suas atividades em Três Barras em 2010 e, por vários anos, buscava por sua sede própria. Em dezembro de 2017, durante solenidade na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC), a então secretária de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda, Cleide Alberti Gonçalves, assinou a ordem de serviço para a construção do novo prédio.