segunda-feira, 20

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Forças de segurança estiveram em 6,3 mil estabelecimentos em fiscalização do novo decreto

Últimas Notícias

- Ads -

Polícias Militar e Civil e bombeiros contabilizaram em 31 horas de serviço, 6.363 fiscalizações, 27 interdições e 376 notificações

 

 

Depois de um fim de semana com mais de 6,3 mil fiscalizações e ações em todo o estado, as forças de segurança de Santa Catarina continuam atuando nas operações para garantir o cumprimento das medidas sanitárias de prevenção à covid-19. O foco do trabalho é coibir aglomerações. Os efetivos atuam ainda para o cumprimento de regras que estão em vigor, por meio de decretos, visando conter o avanço da doença em Santa Catarina.

 

 

 

Das 23h da última sexta-feira até as 6h desta segunda-feira, 1º março, as polícias Militar, Civil e o Corpo de Bombeiros Militar contabilizaram em 31 horas de serviço, 6.363 fiscalizações, 27 interdições e 376 notificações. Os números foram repassados pela Secretaria da Segurança Pública.  Isso representa uma média de 200 fiscalizações por hora e quase uma interdição por hora.

 

 

Para o comandante-geral da Polícia Militar de SC, a atuação exclusiva do efetivo torna a ação ainda mais expressiva. “Atravessamos um momento crítico em que precisamos ampliar nossa capacidade de fiscalização e proteção sanitária de toda a sociedade. Estamos dedicando ainda mais empenho nas fiscalizações para que, em breve, possamos vencer esta luta. O apoio e a conscientização de cada catarinense são fundamentais neste momento”, salienta o tenente-coronel PM, Dionei Tonet.

 

 

 

Conforme Tonet, o reforço nas fiscalizações ocorre, principalmente, nos municípios que juntos concentram um total de mais de 513 mil casos – 81,60% do número total registrado no estado. O emprego da tropa poderá ser alterado de acordo com as necessidades apontadas pela Saúde.

 

 

 

Tonet informa ainda que a população atendida com o efetivo exclusivo de 500 policiais militares corresponde a mais de 5,4 milhões de habitantes. “É importante destacar que a operação covid-19, da PMSC, continua em todo o estado, com o efetivo local”. O comandante-geral afirma que, desde o início dessa operação, foram mais de 360 mil fiscalizações em todo o Estado.

 

 

 

POLÍCIA CIVIL REFORÇA FISCALIZAÇÃO

A Polícia Civil também tem realizado ações de fiscalização em todas as regiões catarinenses. Há ainda um trabalho integrado com as forças de segurança e com órgãos municipais. “E este é o caminho que iremos seguir para juntos, com a conscientização das pessoas, melhorarmos este cenário e voltarmos a um patamar de normalidade”, aponta o delegado-geral Paulo Koerich.

 

 

 

A Polícia Civil oferece ainda a Delegacia Virtual, na qual o cidadão pode registrar o Boletim de Ocorrência (BO) pela internet 24 horas do dia. Com esta opção, a população pode evitar o deslocamento.

 

 

 

O presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial e comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel BM Charles Alexandre Vieira, explica que as forças de segurança pública estão trabalhando desde o começo da pandemia com as fiscalizações para cumprimento dos decretos. “Agora, nesta fase, as ações foram intensificadas, principalmente por conta dos períodos em que se faz necessário o isolamento social.

 

 

 

Vieira pede para que cada cidadão continue entregando sua parte de contribuição para evitar o aumento do número de casos de Covid-19. “Infelizmente percebemos que, mesmo com os esforços estaduais, algumas pessoas ainda se esquecem da gravidade da situação e é por isso que seguiremos atuando nas ruas enquanto for necessário para garantir segurança e saúde a todos”, reitera.

 

 

 

DENÚNCIAS

As denúncias podem ser feitas pelos canais da PCSC: 181 e WhatsApp 48-98844-0011. Também pelo 190 da Polícia Militar e por meio do aplicativo PMSC Cidadão, disponível nas plataformas IOS e Android.