quinta-feira, 23

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Fluminense vence Goiás e sobe na tabela do Brasileiro

Últimas Notícias

- Ads -

Tricolor faz 3 a 0 e entra na zona de classificação à Libertadores

 

 

O Fluminense venceu o Goiás por 3 a 0 na noite de domingo, 31, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Com os três pontos na partida válida pela 33ª rodada, o Tricolor carioca chegou aos 53 e pulou para a 5ª posição, subindo duas posições e se colocando dentro da zona de classificação à próxima Copa Libertadores da América. Já o Goiás continua em uma situação desesperadora na briga contra o rebaixamento à Série B. Atualmente, o clube está em 18º com apenas 29 pontos, sendo seis a menos do que o Sport que é a primeira equipe fora do Z-4 atualmente.

 

 

 

Os três gols foram marcados na etapa inicial. Período de domínio total do Tricolor carioca. Aos 16, o zagueiro Nino fez de cabeça depois do escanteio cobrado pelo Nenê. Aos 24, em novo escanteio, o experiente meia quase marcou um gol olímpico para o Fluminense. Já no minuto 25 a rede do goleiro Tadeu balançou novamente. O volante Martinelli pegou um rebote na entrada da área e soltou uma bomba para ampliar em um belíssimo gol. Antes de entrar, a bola bateu na trave e nas costas do goleiro. Aos 30, Nenê bateu muito bem uma falta e a bola explodiu no travessão. Cinco minutos depois, Fred recebeu do Nenê e bateu firme obrigando o goleiro Tadeu a trabalhar mais uma vez. Aos 36, Martinelli marcou o segundo dele e o terceiro do Tricolor. A jogada começou com o lateral Egídio aproveitando um escanteio para colocar a bola novamente na área. O volante dominou e bateu colocado e pôde comemorar depois do desvio na zaga. Aos 40, Nenê tentou bater de antes do meio de campo, aproveitando que o goleiro Tadeu estava no ataque para uma cobrança de falta. A bola até foi na direção do gol, mas acabou quicando na entrada da pequena área e passando por cima do travessão. Quase no último lance da primeira etapa, o atacante Lucca perdeu grande chance de ampliar para os cariocas.

 

 

 

No segundo tempo, o ritmo do jogo caiu bastante. Mas, as melhores chances ainda foram do time do Rio de Janeiro. Aos quatro, depois de uma boa troca de passes, Lucca cabeceou para fora. Os atletas chegaram a reclamar de um possível pênalti. Mas nada foi marcado. Outra bela possibilidade do Fluminese fazer o quarto gol veio aos 15 minutos. O jovem atacante Luiz Henrique bateu forte cruzado, mas o chute saiu longe do gol. O Fluminense volta a jogar na quarta-feira, 3, contra o Bahia, em Salvador, na Fonte Nova. O Goiás, também na quarta, vai receber o Atlético Mineiro na Serrinha.

 

 

 

Confira a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro.

 

 

 

No sufoco, Internacional vence e mantém diferença na liderança

Divulgação

O Inter sofreu bastante, mas conseguiu o mais importante ao final da noite de futebol neste domingo, 31, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Venceu o Bragantino por 2 a 1 em jogo válido pela 33ª rodada do Campeonato brasileiro. Com o resultado, o Colorado chegou aos 65 pontos, se manteve na liderança e garantiu que, ao final da rodada, a diferença será de no mínimo quatro pontos para o 2º colocado faltando apenas cinco jogos para o final do torneio. A próxima partida da equipe gaúcha será na quinta-feira, 4, contra o Athletico Paranaense em Curitiba. O Bragantino, que está na 13ª posição com 44 pontos, volta a jogar na quarta, 3, contra o Atlético Goianiense no interior paulista.

 

 

 

Os gols foram marcados pelos meias Patrick, logo aos três minutos da primeira etapa, e Edenílson, aos 12 do segundo tempo. Pelo Bragantino, quem marcou foi o atacante Helinho aos 14 minutos da etapa inicial. Mas, para chegar na 9ª vitória seguida no Campeonato, o time de Porto Alegre teve que suar. Depois de pular na frente com o gol de voleio do Patrick, o Inter viu o Bragantino dominar o jogo. Aos 12, o goleiro Marcelo Lomba teve que trabalhar para evitar o empate em chute de fora da área do meia Claudinho que desviou no meio do caminho. Logo na sequência, Helinho aproveitou o vacilo do lateral-esquerdo Moisés e o rebote do goleiro para empatar o jogo. Aos 19, o domínio do time paulista era total. Artur cruzou da direita e Helinho, sozinho na frente do gol, se atrapalhou e perdeu grande chance. Aos 36, o Massa Bruta teve um gol anulado. O volante gaúcho Rodrigo Dourado afastou, mas a bola desviou na mão do atacante Ryller que marcou. O árbitro, com auxílio do VAR, anulou.

 

 

 

 

Na etapa final, o Colorado tentou partir para cima tentando confirmar os três pontos e conseguiu um pênalti aos sete minutos. Depois do cruzamento do Patrick, a bola desviou na mão do zagueiro. O árbitro foi ao VAR e confirmou a penalidade. Endenílson bateu aos 12 minutos e marcou o segundo do líder do Brasileiro. Depois o panorama foi o mesmo da etapa inicial. O Bragantino partiu para cima e o Inter se retraiu. Os paulista tiveram chances aos 26, aos 33 e aos 44, quando Marcelo Lomba fez um verdadeiro milagre para evitar o empate. O meia Claudinho deu um belo toque de calcanhar e deixou Raul cara a cara com o goleiro colorado. Ele saiu muito bem e salvou o Inter. Com o resultado, além de seguir líder, o Inter chegou à 9ª vitória seguida. Número que representa um recorde na era dos pontos corridos, que começou em 2003, e um recorde na história do clube, que havia vencido oito jogos seguidos no Brasileiro de 1978.

 

 

 

 

Atlético Mineiro vence Fortaleza e assume a vice-liderança

Divulgação

O Atlético Mineiro fez 2 a 0 no Fortaleza na tarde deste domingo, 31. O jogo, válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi disputado no Estádio Mineirão. Com a vitória, o Galo chegou aos 60 pontos e assumiu provisoriamente a vice-liderança. O Flamengo, que tem 58 pontos, joga nesta segunda-feira, dia 1º, contra o Sport em Recife. O próximo jogo do Atlético será na quarta, 3, contra o Goiás fora de casa. O Fortaleza, que segue no Z-4, no 17º lugar com 35 pontos, volta a jogar na quinta, 4, contra o Coritiba em casa.

 

 

Os gols da equipe do técnico argentino Jorge Sampaoli foram marcados no segundo tempo pelo lateral-esquerdo Guilherme Arana, aos 11, e pelo atacante chileno Eduardo Vargas, aos 21. Mas o placar poderia ter sido bem mais elástico. No primeiro tempo, os mineiros tiveram o domínio da partida. Quase marcaram aos cinco com Guilherme Arana. O meia Hyoran teve uma excelente chance aos 16. Aos 43, depois do escanteio, Réver tocou de cabeça para o meio da área e Vargas chutou. A bola desviou na zaga e foi para escanteio. Na cobrança, Sasha cabeceou para o chão obrigando o goleiro Felipe Alves a fazer um milagre.

 

 

Na etapa final, teve o gol de abertura do placar aos 11, com Guilherme Arana chegando por trás do marcador e concluindo com um chute forte no canto esquerdo do goleiro. O segundo gol veio de pênalti. Vargas bateu no canto direito, o goleiro defendeu. Mas o atacante chileno foi mais rápido no rebote e fez mais um para o time mineiro. Aos 29, o Fortaleza teve um pênalti. Na cobrança, o atacante Osvaldo bateu no canto direito e a bola bateu na trave e não entrou. O Galo ainda teve um gol anulado por impedimento pelo VAR.

 

 

 

 

 

Athletico-PR e Atlético-GO vencem na rodada 33 da Série A

Divulgação

Quatro jogos abriram a  rodada 33 do Campeonato Brasileiro, neste domingo, 31. Em  São Januário, no Rio de Janeiro, Vasco e Bahia empataram sem gols e seguem na luta para escapar da Zona do Rebaixamento da competição. Em Goiânia, o Atlético Goianiense superou o São Paulo por 2 a 1 e deixou o time do técnico Fernando Diniz cada vez mais distante da disputa do título. Na Arena Castelão, em Fortaleza, o Ceará foi derrotado por 2 a 0 para o Athletico Paranaense. Já no Couto Pereira, Coritiba e Grêmio empataram em 1 a 1.

 

 

Vasco e Bahia fizeram o chamado de jogo de seis pontos,  mas nenhum dos dois saiu vencedor e ocupam respectivamente o 14º e o 15º lugar da tabela, com 37 e 36 pontos. Os donos da casa tiveram um gol anulado feito por Catatau e ainda perderam o zagueiro Leandro Cástan. O capitão vascaíno foi expulso e vai desfalcar o Gigante da Colina na próxima quinta-feira, 4, contra o Flamengo. Já o Bahia recebe o Fluminense em Salvador na quarta-feira.

 

 

No Estádio Antônio Accioly, na capital de Goiás, O Atlético-GO chegou a terceira vitória consecutiva e está na briga por uma vaga na Copa Sul-Americana. No Tricolor Paulista, o cenário é totalmente oposto. O tIme do Morumbi não vence há sete jogo e vê o campeonato brasileiro cada vez mais longe.

 

 

Fora de casa, o Furacão superou o Vozão  com dois gols de Carlos Eduardo e chegou ao oitavo lugar na tabela. O Ceará voltou a jogar mal dentro dos seus domínios e vai tentar se reabilitar diante do Corinthians na Arena Neo Química, na capital paulista, na próxima quarta, 3.

 

 

O Coritiba, que tenta escapar do descenso pra Série B, não passou de um empate com o Grêmio dentro da capital paranaense. O gol dos anfitriões foi do goleiro Wilson, que também defendeu uma penalidade. A equipe de Renato Portaluppi saiu na frente com Paulo Miranda, mas o Coxa alcançou o empate. Na vice-lanterna, os coritibanos  estão com apenas 28 pontos, enquanto o Tricolor Gaúcho estacionou na sexta posição com 52 pontos.