segunda-feira, 20

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Fim de semana teve 32 ocorrências envolvendo desrespeito a lockdown

Últimas Notícias

- Ads -

Rapazes se recusaram a receber policiais, que forçaram entrada na casa no Jardim Esperança

 

 

 

 

Policiais militares do 3º Batalhão de Polícia Militar prosseguiram com a intensificação das fiscalizações sanitárias para fazer valer o decreto estadual que decretou lockdown parcial em Santa Catarina no fim de semana. Na sexta-feira, 5, foram realizadas fiscalizações juntamente com o Corpo de Bombeiros de Canoinhas. Foram visitadas durante o final de semana, 55 estabelecimentos comerciais de Bela Vista do Toldo, Canoinhas, Major Vieira e Três Barras. Três estabelecimentos foram notificados.

 

 

 

Foram atendidas 32 ocorrências para averiguação de denúncias relativas à perturbação, aglomerações e estabelecimentos descumprindo as medidas sanitárias.

 

 

 

 

Na noite de sábado, 6, por volta das 23h20min, na rua Roberto Elke, área central de Canoinhas, policiais militares verificaram que havia quatro homens fazendo algazarra e escutando som na sacada da casa.

 

 

 

 

Os policiais solicitaram que os envolvidos descessem até a entrada da casa, mas eles se recusaram e não cessaram a perturbação.

 

 

Segundo a PM, eles falaram que iriam continuar com a algazarra pois trabalharam o dia todo e estavam de folga e ninguém iria entrar na residência. Eles estavam ingerindo bebida alcoólica.

 

 

Reforços foram chamados e novamente solicitada a abertura do portão para realizar os procedimentos cabíveis. Diante da recusa foi necessário arrombar o portão de grade da frente da residência e uma porta de madeira para entrar na casa, sendo que os homens foram para outro ambiente da casa.

 

Os policiais entraram pelos fundos da casa, subindo uma escada e se deparando com uma porta de vidro. Um dos envolvidos se recusou a abrir a porta.

 

 

Após diversas tentativas ele abriu a porta de vidro, sendo abordados cinco homens, todos sem máscaras de proteção individual. Para preservar a integridade dos policiais e terceiros foi deslocado até a Delegacia de Polícia Civil para lavratura do boletim Termo Circunstanciado em desfavor dos envolvidos.

 

 

 

MAIS CONFUSÃO

Ainda na noite de sábado, 6, por volta das 23h, policiais militares realizavam rondas no bairro São Cristóvão, em Três Barras, quando na rua Professor Pedro Heitz, flagrou um som com volume extremamente alto, vindo de uma residência. Os policiais militares tentaram orientar um homem que estava no pátio da casa para que diminuísse o volume, mas ele não acatou as orientações e desacatou os policias militares com palavras de baixo calão. Os PMs deram voz de prisão ao homem, mas ele estava atrás da grade e com o portão fechado com cadeado. O homem correu para dentro da casa e foi necessário arrombar o portão. O aparelho de som foi apreendido e o homem conduzido a Delegacia de Polícia Civil de Canoinhas.