segunda-feira, 16

de

maio

de

2022

ACESSE NO 

Filha de vítima de afogamento em Canoinhas faz agradecimento

Últimas Notícias

- Ads -

“Sua vida era esse rio”, diz sobre o pai

Na semana passada, equipes do Corpo de Bombeiros do Norte de SC e do Sul do Paraná, da Marinha e populares da localidade de Felipe Schmidt, interior de Canoinhas, trabalharam incansavelmente durante sete dias nas buscas para encontrar o corpo de Arnildo Moacir de Souza, de 60 anos, que estava desaparecido desde o dia 8, no rio Iguaçu. Ele foi encontrado na manhã do dia 14, após seu corpo emergir.

Arnildo Moacir de Souza era mais conhecido por Véinho. “Com sua alegria conquistava à todos ao seu redor, com ele não tinha tristeza, sempre mexendo com todo mundo, fazendo brincadeiras. Assobiava as músicas do Amado Batista, que era o seu ídolo, e com o rádio sempre ao som da Rádio Clube, era fã da Jô. Com sua bicicleta, vivia pelas ruas de Felipe Schmidt. Pessoa simples e de um coração enorme”, conta a filha Aline de Souza Ruchinski.

“Sua vida era esse rio, se não descesse todo dia com sua bicicleta, era porque algo estava errado. Nem que fosse só para ver o bote como ele dizia, mas ele descia todo santo dia no rio Iguaçu”, afirmou a filha.

Aline fez um agradecimento a todos que de uma forma ou de outra ajudaram nesses sete dias de angústia e de dor que a família passou. “Em meu nome, em nome do meu esposo Gilberto Ruchinski, e dos meus irmãos Jean Paulo de Souza e Giovane Moacir de Souza, nossa gratidão e o nosso muito obrigado.”

Segundo Aline, o pai sofria de epilepsia por conta de uma sequela de meningite.

AGRADECIMENTO


“Primeiramente o meu agradecimento aos bombeiros de Canoinhas, São Mateus do Sul, Porto União e Mafra, anjos em nossas vidas que incansavelmente trabalharam firmes até encontrar o corpo do nosso pai. Ao tenente Bruno de César, do Corpo de Bombeiros, a Marinha, ao pessoal da cidade de Irineópolis que também ajudaram com barco. A todo o pessoal que estava pescando ao redor e se prontificaram ajudar nas buscas.

Meu agradecimento também a cada amiga aqui da comunidade por estarem cuidando de mim e dos meus filhos todos esses dias, pelos alimentos que doaram e ajudaram a preparar para os homens da nossa comunidade que estavam ali diariamente nesses sete dias de angústia, ajudando incansavelmente e persistindo nas buscas junto aos bombeiro.

A cada amigo e familiar que doou um pouco de gasolina, ou doou em valor para ajudar na compra das gasolinas para os barcos. Agradeço também a vereadora Juliana Maciel que doou um valor para esse fim.

Gostaria de aqui destacar em público os nomes daqueles que foram grandes e verdadeiros heróis nesses sete dias de escuridão para mim.

O meu agradecimento, do meu marido e de meus irmãos à cada um de vocês. Não temos palavras, nem valor que pague tudo o que fizeram por nós. Só queremos que saibam que para nós vocês vão ser sempre lembrados em nossas orações, e sempre honrados como grandes verdadeiros heróis.

Obrigada de coração a cada um de vocês. Deus abençoe grandemente todos vocês e suas famílias. Eternamente gratos!”

  • Willian Saul Ludka
  • Wilson Martin Wolf
  • Lair Berbeki
  • Manoel Ruan Marques dos Santos
  • Amarildo da Silva
  • Donaldo Pavarin
  • Alisson Figura
  • Cláudio Berbeki
  • Breno Dombrovski
  • Jucemar Bobrovicz
  • Vanderlei Janiszenski
  • Adilson Sérgio Moreira
  • Antônio Moreira
  • Adilson Ivan Moreira
  • Silvio da Silva
  • Vinícius Borille da Silva
  • Ricardo Hipólito da Silva
  • Ademir José Crestani
  • Clederson Soares
  • Dirceu Figura
  • Diego Machado
  • Roberto Carvalho
  • Bruno Chudzinski
  • Josnei Milcheski
  • Josmar Kaschuk
  • Felipe Mael Crestani
  • Julio Moreira
  • Bruno Mussolini Fernandes
  • Jango Castro
  • Donaldo Pavarin
  • Marcelo Borille da Silva