quarta-feira, 27

de

outubro

de

2021

ACESSE NO 

Favoritismo de Moisés em pesquisa mostra força da máquina em busca da reeleição

Últimas Notícias

- Ads -

Na pesquisa espontânea, João Rodrigues é surpresa

PESQUISA

A primeira pesquisa para o governo do Estado divulgada pelo grupo ND não é um retrato preciso, por óbvio, do que vem por aí, mas dá o pontapé inicial para as eleições 2022. De modo natural, na pesquisa estimulada, Carlos Moisés (sem partido) se sai melhor. Surpreende, porém, que na espontânea o nome de João Rodrigues (PSD) desponte.

Prefeito de Chapecó, o peesedista tem 3,1% das intenções de voto no Norte, região bem distante do oeste, o que surpreende. Dado o retrato do momento, pode estar aí uma explicação. Rodrigues foi o organizador de uma motociata de apoio a Jair Bolsonaro recentemente.

Nos demais cenários, todos estimulados, Carlos Moisés oscila com Rodrigues e Raimundo Colombo (PSD). Isso mostra a força da máquina pública. Os catarinenses dão a Moisés a maior taxa de rejeição, o que mostra as duas faces de um candidato que está no poder. O conhecimento por parte dos catarinenses traz aprovação e rejeição maiores em relação aos demais candidatos que, se nunca foram testados no governo (caso de Rodrigues), saíram dos holofotes há algum tempo (caso de Colombo). Isso prova o poder da máquina pública.

Importante observar a aprovação de Bolsonaro em Santa Catarina, mais um motivo para o bem-sucedido desempenho de Rodrigues. Na pesquisa estimulada, o presidente lidera de forma isolada com seus 48,2%, quase metade do total das intenções de voto. Na segunda colocação, o ex-presidente Lula (PT) aparece com seus 19,7%. Na região norte, 52% aprovam Bolsonaro na busca pela reeleição, enquanto que no oeste, 80%. Pelos números favoráveis a Rodrigues, ele está no lado certo ao apostar na relação com Bolsonaro. Mas e Jorginho Melo (PL), que vem defendendo o governo Bolsonaro na CPI da Covid?

Pois é, parece que o povo catarinense não está muito interessado na comissão. Na espontânea, Melo aparece em terceiro lugar, atrás de Rodrigues e Moisés. Mas a disputa está só começando.





AMIGO DE BOLSONARO

Reprodução

Jorginho Melo (PL) gravou vídeo ao lado do filho 03 de Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, ontem. No vídeo ele se apresenta como “o candidato a governador do Bolsonaro em Santa Catarina”.

Eduardo reforça isso ao derramar elogios ao senador.





PODEMOS

Prefeito de Balneário Camboriú, Fabricio Oliveira/Arquivo

A executiva do Podemos indicou no sábado, 24, o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, como pré-candidato do partido para o Governo do Estado em 2022. O ex-deputado federal Paulo Bornhausen, presidente de honra da legenda, deverá ser candidato ao Senado.







REDUTO

A pesquisa da ND mostra que Santa Catarina virou um reduto bolsonarista com poucos, ou nenhum, comparativo. Enquanto pesquisas do Datafolha e da Paraná Pesquisas mostram vantagem de Lula nas pesquisas nacionais, Santa Catarina dá vitória folgada ao presidente na busca pela reeleição.

Reprodução






LAMENTÁVEL

Santa Catarina não conseguiu atingir a meta de jovens de 16 anos com ensino fundamental que está prevista no Plano Estadual de Educação (PEE). O terceiro relatório da comissão que monitora esse plano e que está prestes a ser publicado, indica não apenas que não foi alcançado até agora, como que dificilmente atingirá o previsto para 2024. Em vez de estar em 95%, até hoje, não passou dos 85%.