segunda-feira, 27

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

“Essas pessoas querem fazer superexposição de vacinados”, diz Passos sobre requerimento de vereadores

Últimas Notícias

- Ads -

Prefeito retornou das férias na manhã desta quarta-feira, 17

 

 

RETORNO

Prefeito Beto Passos (PSD) reassumiu a prefeitura de Canoinhas na manhã desta quarta-feira, 17. Em seu discurso elogiou sua equipe de governo e falou sobre as obras de pavimentação em Canoinhas, lembrando que vai levar asfalto ao Loteamento Santa Cruz. “Por que? Porque lá tem pais de família que merecem um acesso digno tanto quanto os moradores de qualquer outra rua de Canoinhas”.

 

 

Voltou a destacar que as medidas restritivas no combate ao coronavírus seguem diretrizes do Governo do Estado e que não são tomadas por ele.

 

 

Passos criticou os vereadores de oposição que pediram por meio de requerimento que os nomes do vacinados contra a covid-19 sejam divulgados a fim de se fiscalizar se os grupos prioritários estão sendo seguidos. “Querem que nós exponhamos os nomes de quem tomou a vacina, essas pessoas querem fazer uma superexposição de quem recebeu a vacina, deveriam estar lutando para amenizar o sofrimento, não fazendo atos para ganhar manchete de jornal”, disse. Passos lembrou do direito do paciente ao sigilo do tratamento de saúde.

 

 

 

Ele lembrou que por vezes não se tem técnico de enfermagem para acompanhar pacientes para fazer uma tomografia em Mafra. A Secretaria de Saúde e o Hospital Santa Cruz têm tido dificuldades para contratar profissionais da Saúde. “Os problemas de um governo são muito maiores que meia dúzia de palavras”, afirmou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EXCLUSIVA

A Prefeitura de Bela Vista do Toldo criou uma Junta Médica Especial exclusivamente para avaliação de servidores que necessitem de afastamento laboral em virtude de infecção pelo coronavírus.

 

 

 

A Junta Médica Especial terá como atribuição avaliar atestados e pedidos de afastamentos de servidores em razão de serem portadores de comorbidades ou pertencentes ao grupo de risco, definindo a real necessidade de afastamento, isolamento no local de trabalho,
trabalho remoto ou retorno as atividades.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

INSS

Agência do INSS Canoinhas/Arquivo

Vereadora Zenilda Lemos (MDB) conversou ontem com o deputado Carlos Chiodini (MDB), que prometeu empenho em solucionar a falta de um médico perito no INSS. A iniciativa da vereadora é louvável, mas a primeira pergunta a ser feita ao deputado é porque os inúmeros pedidos no mesmo sentido feitos pelo ex-vereador Paulinho Basilio (MDB) não foram atendidos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Nossa vida mudou e os pais devem saber disso”

do secretário de Educação de SC, Luiz Fernando Vampiro, sobre a volta às aulas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FORA

Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello/Marcelo Camargo/Agência Brasil

O movimento municipalista, por meio da Confederação Nacional de Municípios (CNM), publicou nota em nome dos prefeitos pedindo a cabeça do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Na nota, a CNM expressa sua indignação com a condução da crise sanitária pelo Ministério da Saúde e solicitar a troca de comando da pasta. A entidade tem acolhido relatos de prefeitas e prefeitos de várias partes de país, indicando a suspensão da vacinação dos grupos prioritários a partir desta semana, em consequência da interrupção da reposição das doses e da falta de previsão de novas remessas pelo Ministério.

 

 

 

 

“Foram várias as tentativas de diálogo com a atual gestão do Ministério, entre pedidos de agenda e de informação. A pasta tem reiteradamente ignorado os prefeitos do Brasil, com uma total inexistência de diálogo. Seu comando não acreditou na vacinação como saída para a crise e não realizou o planejamento necessário para a aquisição de vacinas. Todas as iniciativas adotadas até aqui foram realizadas apenas como reação à pressão política e social, sem qualquer cronograma de distribuição para Estados e Municípios. Com uma postura passiva, a atual gestão não atende à expectativa da Federação brasileira, a qual deveria ter liderado, frustrando assim a população do País”, diz a nota.

 

 

 

 

“Por considerar que a vacinação é o único caminho para superar a crise sanitária e possibilitar a retomada do desenvolvimento econômico e social e por não acreditar que a atual gestão reúna as condições para conduzir este processo, o movimento municipalista entende necessária, urgente e inevitável a troca de comando da pasta para o bem dos brasileiros”, completa a CNM.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RÉU

Deputado Julio Garcia/ Bruno Collaço / AGÊNCIA AL

A juíza Janaína Cassol Machado aceitou uma das duas denúncias oferecidas pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o deputado estadual Julio Garcia (PSD), dentro da operação Alcatraz. Com isso, ele foi tornado réu pelo crime de lavagem de dinheiro. O parlamentar está afastado da função por decisão da mesma magistrada por conta de duas fases da operação, além disso cumpre medidas cautelares como o uso de tornozeleira eletrônica.

 

 

 

 

 

 

 

TESTANDO A DEMOCRACIA

A prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) a mando do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), depois de o parlamentar desafiar a ele e seus colegas da Suprema Corte brasileira, é mais um dos testes pelos quais a democracia vem passando desde a posse de Jair Bolsonaro, um ensaio para o que vem por aí nas eleições de 2022. Bolsonaro já deixou claro: o resultado só será justo se ele for o eleito.