domingo, 26

de

junho

de

2022

ACESSE NO 

Em nove dias, ocupação de leitos de UTI Covid do Hospital Santa Cruz de Canoinhas cai 70%

Últimas Notícias

- Ads -

Apenas três pessoas seguem internadas em estado grave

Uma boa notícia aguardada desde dezembro de 2020: caiu, pela primeira vez em sete meses, a taxa de ocupação de leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Cruz de Canoinhas (HSCC). Desde metade de dezembro a ala covid registrava ocupação diária de 100% dos 10 leitos de UTI. Nesta quinta-feira, 29, a UTI chegou a sua menor taxa de ocupação: 30%. A queda, segundo explica a gestora do HSCC, Karin Adur, vem ocorrendo há nove dias. “No dia 20 (de julho) tivemos o primeiro leito vago em mais de meio ano. Desde então, a ocupação só vem caindo”, explica.

A taxa de ocupação de leitos de UTI cai no compasso que aumenta o número de vacinados em Canoinhas. Mais da metade da população composta por 54 mil habitantes já recebeu a primeira dose e 94% do público alvo foram vacinados. Os grupos mais vulneráveis como pessoas acima de 60 anos, profissionais da saúde e doentes crônicos já receberam as duas doses ou a dose única no caso da Janssen.

ESTADO

Uma a cada três cidades catarinenses não teve mortes por covid-19 em julho. Entre os dias 1º e 26 deste mês, 104 municípios não registraram vítimas da doença. Isto representa 35% do número total de cidades do Estado.

Canoinhas registrou a 135ª morte nesta quarta-feira, 28.

Até o momento Canoinhas registrou 11 mortes em decorrência da covid-19 neste mês de julho, pouco mais da metade das 20 mortes registradas em junho. Bem menos que as 33 registradas em maio, o mês mais mortal da pandemia até agora em Canoinhas.