segunda-feira, 20

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Em 48 horas, seis pacientes da região com covid morreram no Hospital Santa Cruz

Últimas Notícias

- Ads -

Canoinhas ultrapassou a marca de 2 mil pacientes diagnosticados com a doença e soma 26 mortos

 

 

Seis pacientes da região morreram nas últimas 48 horas na Ala Covid do Hospital Santa Cruz de Canoinhas (HSCC). A informação foi confirmada pela administradora do hospital, a enfermeira Karin Adur.

 

 

Dentre os pacientes que faleceram, três são de Canoinhas: uma idosa de 70 anos sem comorbidades, um homem de 66 anos, hipertenso e diabético e um idoso de 72 anos, que também era hipertenso e diabético. Faleceu também uma mulher de 69 anos, hipertensa e diabética da cidade de Barra do Sul, e da região, um homem de 65 anos, de Três Barras, que apresentava comorbidades, e o enfermeiro Paulo Sérgio Mirek, 46 anos, natural de Major Vieira, mas que atuava na Secretaria Municipal de Saúde de Itaiópolis. Ele tinha registros de comorbidades.

 

 

 

Em nota, o Conselho Regional de Enfermagem de Santa Catarina (Coren/SC), lamentou a morte do enfermeiro. “Ele foi mais uma vítima da covid-19. Paulo Sérgio era reconhecido por ocupar cargos de liderança, ser um profissional dedicado e competente. Deixa esposa, duas filhas, mãe, irmãs e irmãos e toda uma categoria consternada por esta grande perda. Estamos enfrentando uma batalha diária e precisamos continuar unindo esforços para combater essa doença. Nossos sentimentos a familiares e amigos”.

 

 

 

Mesmo com as seis mortes registradas, ainda há 14 pacientes internados na Ala Covid do HSCC.  Destes 14 pacientes, oito fazem o uso do respirador.

 

 

Canoinhas têm atualmente 2011 casos confirmados de coronavírus. Já foram liberados para o convívio social seguro 1937 pacientes, restando 125 casos ativos.

 

 

Desde o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde de Canoinhas – dos casos registrados nos dias 6 e 7 janeiro, mais uma morte foi confirmada e agora o município soma 26 óbitos por covid.

 

 

 

Segue alta a procura por atendimento na Central Covid, que atende os pacientes sintomáticos, foram 111 atendimentos nas últimas 24 horas.