sexta-feira, 21

de

janeiro

de

2022

ACESSE NO 

Égua e potro voltam a ser vítimas de maus tratos em Canoinhas

Últimas Notícias

- Ads -

Eles já haviam sido encontrados debilitados há 15 dias

Na tarde de sexta-feira, 12, por volta das 15h, policiais militares foram chamados na rua Nicolau Fernandes, distrito do Campo d’Água Verde, em Canoinhas, para averiguar denúncia de maus-tratos contra animais.

Uma égua e um potro em fase de amamentação apresentavam, de fato, sinais de maus tratos. O filhote estava com feridas abertas nas pernas, ferimento no olho e desnutrido. Eles estavam em um terreno baldio, sem área coberta para proteção contra o tempo.

Os animais estavam recebendo tratamento de um médico veterinário, que relatou que de fato tratava -se de condições de maus tratos, com feridas não cicatrizadas abertas em duas pernas, alimentação insuficiente além de local inapropriado. Os animais são os mesmos atendidos em ocorrência anterior, no dia 31 de outubro, mostrado em reportagem do JMais.

Foi lavrado Boletim na modalidade Termo Circunstanciado em desfavor do proprietário. Os animais foram recolhidos pelo Clube do Cavalo, que detém concessão para atender animais de grande porte em situação de maus tratos ou abandono em Canoinhas.