DNIT anuncia terceira faixa e três lombadas eletrônicas para a BR-280


Obras que começaram em maio na rodovia/Divulgação

Investimento de R$ 20 milhões já está sendo aplicado na rodovia

 

 

 

A engenheira responsável pelo Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit) regional de Mafra, Adilene Adratt, disse em entrevista ao programa Repórter 98, da 98FM, nesta quinta-feira, 25, que há previsão de restauração de toda a pavimentação da BR-280 no trecho de de Mafra a Porto União. Um investimento inicial de R$ 20 milhões já começou a ser aplicado no trecho próximo ao Posto Pwiedade, em Canoinhas.

 

 

 

O contrato de cinco anos prevê a melhoria em todo o trecho. “Há problemas estruturais na rodovia neste trecho. Faremos remendos profundos e serviço de drenagem. Não simplesmente colocar uma capa nova nela, mas melhorar a estrutura. Um dos maiores problemas é acúmulo de água na pista, por isso vamos fazer drenos laterais em vários pontos”, explica.

 

 

Segundo Adilene, nesta fase inicial, 15 quilômetros da rodovias estão sendo restaurados. “Hoje o que se vê em Canoinhas no segmento inicial de 15 quilômetros restaurados é uma camada mais bruta. Ainda teremos uma camada complementar, pavimento final e a sinalização. Por enquanto estamos na parte de dar capacidade para a rodovia”, contextualiza.

 

 

 

 

 

LOMBADAS ELETRÔNICAS

Depois de o presidente Jair Bolsonaro ter mandado tirar lombadas eletrônicas em rodovias federais, um estudo apontou um Programa Nacional de Controle de Velocidade. O programa definiu pontos que receberão novos equipamentos controladores. Serão três em Canoinhas: um que ficará um pouco antes e o outro um pouco depois da sede da Quantum Engenharia Elétrica e outro próximo do trevo do bairro Piedade.

 

 

 

Haverá, ainda, a construção de uma terceira faixa logo depois do rio Água Verde, nas proximidades do portal de Canoinhas. A ideia antes informada pelo DNIT de construir terceira faixa logo depois do Posto Pwiedade foi descartada. “As demandas da comunidade são sempre muito grandes. Gostaríamos de atender todas as demandas, então vamos atendendo aos poucos”, definiu Adilene.

 

 

 

Outra informação dada por Adilene na entrevista foi a de que o Governo descartou a possibilidade de privatização da BR-280 no trecho entre Porto União e Mafra. “Ela não entrou mais nos estudos, não temos nenhuma novidade a respeito”, afirmou.





Deixe seu comentário: