quarta-feira, 27

de

outubro

de

2021

ACESSE NO 

SEGUNDA, 12/7: Distribuidoras perdem R$ 5 bi com a pandemia e 70% veem corrupção no governo em destaque

Últimas Notícias

- Ads -

12 de julho de 2021

O Globo

Distribuidoras perdem R$ 5 bi com a pandemia





  • Mendonça recorre a Aziz por vaga no STF
  • Bolsonaro destoa de líderes mundiais ao não se vacinar
  • Proibida no Brasil, caça se torna ameaça à saúde pública
  • Rio quer licitar Maracanã e parte da Cedae até dezembro
  • Papa celebra oração no hospital
  • Bilionário da Virgin dá a largada ao turismo espacial
  • Cuba tem atos contra governo e escassez
  • Itália renasce e leva a Eurocopa





O Estado de S. Paulo

Com inflação, arrecadação dos Estados cresce R$ 45 bi

Nos cinco primeiros meses do ano, a arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) pelos Estados superou em R$ 45,1 bilhões o resultado obtido no mesmo período de 2019, antes da pandemia. Com os preços em alta, os Estados arrecadam mais porque o ICMS é cobrado a partir de uma base de cálculo maior.

Os dados – reunidos a pedido do Estadão pela Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), com base nas notas fiscais eletrônicas emitidas – refletem o boom internacional de alta das commodities (produtos básicos). Como há restrições legais ao aumento de despesas obrigatórias até o fim de 2021, a tendência é de que os Estados usem os recursos em 2022, ano eleitoral. O risco, segundo especialistas, é de que os governadores usem essa sobra para elevar despesas permanentes, como salários de servidores. A arrecadação do governo federal também cresceu: R$ 96 bilhões em relação a 2019 e R$ 156 bilhões sobre 2020.





  • ‘Caixa está altíssimo’
  • SP antecipa calendário e vacinará adolescentes
  • Aposta na volta às aulas
  • Vacina contra HIV já está em teste no Brasil
  • Festa clandestina tinha ingresso a R$ 1,6 mil
  • Nos pênaltis, Itália acaba com sonho da Inglaterra
  • Turismo espacial é realidade
  • Cubanos protestam contra o governo

Folha de S. Paulo

70% dos brasileiros veem corrupção no governo Bolsonaro

Presidente eleito sobre uma plataforma de tolerância zero com malfeitos administrativos, Jair Bolsonaro não convence os brasileiros neste quesito: para 70% dos adultos entrevistados pelo Datafolha, há corrupção em seu governo.

A percepção é amplificada pelas suspeitas de irregularidades em contratos do Ministério da Saúde, colocadas à luz pela CPI da Covid. Acham que há corrupção na pasta 63%, e que o presidente sabia dela, 64%.

Os dados foram colhidos pelo instituto ao entrevistar 2.074 pessoas com mais de 16 anos, nos dias 7 e 8 de julho. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.





  • Maioria se opõe à participação de militares da ativa na política
  • Tensão segue entre Planalto e o Congresso
  • Guilherme Melo – Regras fiscais têm de ser revistas
  • Por ora, vacinas conta Covi vencem variantes
  • Degelo do Ârtico ameaça cidades no norte da Rússia
  • Voo de bilionário inaugura turismo espacial
  • Atos em Cuba contra governo reúnem milhares
  • Itália derrota Inglaterra e é bicampeã da Eurocopa