Destino das gerências de Saúde e Educação de Canoinhas segue incerto

Severgnini (2º da esq para a dir) durante a reunião com o governador nesta semana/Divulgação

Nesta semana governador Carlos Moisés da Silva anunciou medidas importantes sobre a extinção de repartições

 

 

DESTINO INCERTO

O anúncio nesta semana por parte do governador Carlos Moisés da Silva (PSL) de que as Associações de Municípios como a Associação dos Municípios do Planalto Norte (Amplanorte) irão fazer a ponte entre o Governo do Estado e os Municípios, apontada como positiva pela maioria dos prefeitos, deixou várias pontas soltas.


 

 

A primeira é: quem vai fiscalizar as obras estaduais? Até a extinção das ADRs havia engenheiros com essa função. Eles foram exonerados. As Associações de Municípios irão absorver os servidores com funções administrativas, puramente buracráticas. O Estado seguirá pagando os salários. Serão servidores estaduais a serviço das associações.

 

 

Outra pergunta sem resposta, por enquanto, é o que acontecerá com o que resta das estruturas das Gerências de Educação e Saúde. O Governo do Estado ainda não sabe o que fazer com elas. Em Canoinhas, por exemplo, há seis funcionários que se recusaram a ir para Mafra ou serem cedidos ao Município que batem ponto na desmontada Gersa que funciona em prédio próprio.

 

 

O presidente da Amplanorte, prefeito de Major Vieira, Orildo Severgnini (MDB), diz que no dia 4 de abril haverá uma reunião com o governador para definir o destino das gerências.

 

 

Severgnini informa ainda que pelo menos cinco servidores da ADR Mafra vão trabalhar na sede da Amplanorte, todos remunerados e vinculados ao Estado. Parte desses servidores vai cuidar dos convênios da Saúde e a papelada da Educação.

 

 

Severgnini frisa que a grande prioridade é a reforma da SC-477, que liga Canoinhas à BR-116. “Vamos levantar todas as SCs que estão sob o domínio do Estado e repassar ao Governo já no dia 4”, explica.

 

 

TUDO DOMINADO

Ex-prefeito Beto Faria (MDB), que acaba de deixar a direção estadual da Cidasc, deu entrevista ao programa Fala Cidade da 98FM de quinta, 21. Diplomático como de costume, agradeceu o tratamento dado tanto pelo governo que o empossou (Eduardo Pinho Moreira) quanto pelo governo que o manteve no cargo por quase três meses (Moisés).

 

Perguntado se aceitaria permanecer no cargo mediante a troca de partido do MDB para o PSL, evocou o presidente estadual do MDB, Mauro Mariani, que costuma dizer que “o diabo sabe para quem aparece”. Traduzindo: isso não aconteceria e se acontecesse ele se manteria fiel ao partido no qual está filiado desde sempre.

 

Questionado sobre o modelo técnico que Moisés tenta implementar no Estado, Faria foi bastante cuidadoso ao alertar para o fato de que a nomeação de funcionários de carreira para cargos de chefia é positivo pelo conhecimento que carregam, porém, como concursados, eles são os primeiros a defender os interesses da categoria. Faz sentido.

 

 

NADA A DECLARAR

Instado a se posicionar sobre as ações do governo Beto Passos (PSD), Faria voltou à diplomacia: “Cabe ao povo, à imprensa, fazer uma análise”. Em seguida, elencou seus feitos na área da Saúde, apontada como prioriedade pelo governo Passos.

 

 

 

“Isso prova que o modelo de descentralização é importante”

do ex-prefeito Beto Faria sobre a ideia do governador Moisés de fortalecer as associações de municípios

 

 

BOA SEMANA

Depois de acumular conflitos, Beto Passos (PSD) encerra a semana com bons fatos a comemorar. Na segunda estancou a crise provocada pela possível saída do médico neurocirurgião Andrei de Morais da cidade lançando licitação para sobreaviso na especialidade. Ontem comemorou o anúncio do empreendimento milionário do grupo Superpão em Canoinhas.

 

 

MUDANÇA DE COMANDO

Donato Noernberg deixou a gerência regional da Epagri em Canoinhas. A gerência será divivida por dois funcionários de carreira. Daniel Uba assume o setor de extensão e Gilcimar Adriano Vogt assume o setor de pesquisa.

 

 

 



À DERIVA

Ex-funcionários da empresa Fuck estão indignados. Arrematado em leilão pela Brasnile, o espólio da empresa no bairro Industrial I deve ser reativado em breve. Apesar de a empresa sediada em Três Barras ter pagado pelo que arrematou, os funcionários da extinta Fuck (não confundir com a Compensados Fuck, que é outra empresa) que foram os mais prejudicados pela falência da indústria de portas não receberam nada do acerto a que têm direito. Estão à espera de respostas há dois anos.

 

 

ERVA-MATE

A empresa Erva-Mate Yacuy iniciará um projeto de expansão com ajuda do Município. Aprovado pela Câmara, projeto de lei permite doações no valor de até R$ 200 mil em 1.500 metros cúbicos de pedras, 120 tubos e serviços de escavadeira hidráulica.

 

SURPREENDEU

 

Os pares de Camila Lima (MDB) na Câmara se surpreenderam ao vê-la repreender o colega Nilson Cocharsk (PR) por ter sido um tanto ríspido com os colegas.

 

 

 

CEMITÉRIOS

A PR & GB Comércio e Serviços Ltda teve o prazo para administrar os cemitérios Municipal e de Marcílio Dias prorrogado até 2024. O vencimento do contrato original ocorreria em 29 de maio deste ano.

 

 

 

MAIS PRAZO

A Paviplan Pavimentação Ltda teve aumentado em dois meses o prazo para entregar o asfalto da rua Antonio Salomon (rua do Supermercado Figura). O prazo inicial era 30 de março.

 

A Paviplan é a responsável por abrir o calçadão da Felipe Schmidt.

 

 

30%

Prefeito Beto Passos já sancionou a lei que permite o pagamento de 30% de bônus salarial aos servidores comissionados.

 

 

AINDA SOBRE O ASSUNTO

Servidores comissionados não gostaram da intransigência do vereador Paulinho Basilio (MDB) em relação ao projeto. Lembraram que quando assessor da Juventude, no governo Beto Faria, Paulinho usufruia do benefício.

 

 

 

NOVA PARALISAÇÃO

O governo acompanha atentamente as primeiras movimentações de caminhoneiros no País, que ameaçavam dar início a nova paralisação. A classe entende que os principais compromissos assumidos pelo governo Michel Temer no ano passado não estão sendo cumpridos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário: