Declarações de secretária de Saúde azeda relação com a Câmara de Vereadores

Secretária Zenici Dreher/Priscila Noernberg/Divulgação

Zenici Dreher criticou a falta de vereadores em evento da pasta realizado na semana passada

 

 

 TIROTEIO

Declarações da secretária de Saúde de Canoinhas, Zenici Dreher, criticando publicamente os vereadores por não terem comparecido a evento da pasta na semana passada gerou críticas por parte dos vereadores na sessão desta segunda-feira, 15.


 

 

O mais irritado foi o presidente da Casa, Célio Galeski (PR). “A secretária Zenici jamais poderia ter feito aquela fala. Colocar em um dos grupos (de whats app) um dia antes do evento, não concordo. Que mandasse ao menos um convite para mim. É uma falta de respeito com os vereadores. A secretária colocou os servidores contra a Câmara”, reclamou. “Nós não desrespeitamos ninguém, foi ela quem nos desrespeitou”, reiterou. Galeski lembrou que embora os demais vereadores não se pronunciassem, ele sabia que vários concordam com ele.

 

 

Vereadora Norma Pereira (PSDB) justificou sua ausência na sequência.

 

 

 

MAMÓGRAFO

Vereadores querem saber porque o tomógrafo do Hospital Santa Cruz está quebrado há tanto tempo. Eles encontraram uma lei aprovada pelos vereadores em 2017  liberando R$ 6,2 mil para o conserto do mamógrafo. Querem saber que logo depois houve novo problema com o aparelho.

 

 

 

 

SINDICÂNCIA

Requerimento encaminhado ao Executivo por parte do vereador Nilson Cochask (PR) pede informações ao Município sobre um processo administrativo aberto contra ele enquanto funcionário da Secretaria de Obras. Ele alega que tentou ter acesso ao projeto, mas não conseguiu, por isso recorreu a função de vereador para ver se consegue ter acesso ao processo.

 

O Município diz que houve de fato um processo administrativo, aberto para apurar questões relacionadas à Secretaria de Obras e não, em particular, contra Nilson. O processo, segundo o Município, foi arquivado.

 

 

 

DIREITO

Nilson Cochask (PR) quer saber como os advogados da prefeitura cumprem horário na prefeitura de Canoinhas. Requerimento perguntando o número de advogados e se eles batem ponto foi aprovado depois da ressalva do vereador Paulo Glinski (PSD) de que advogados são dispensados do ponto eletrônico por lei, considerando que eles têm de cumprir horário no Fórum durante audiências de interesse do Município.

 

 

FALTOU COMBINAR

Reza a lenda que na Copa de 58, o técnico Feola bolou um esquema infalível contra a seleção soviética. Nilton Santos lançaria a bola pela esquerda para Garrincha, que driblaria 3 russos e cruzaria para Mazzola marcar de cabeça.



 

 

Garrincha ouviu o professor atentamente. : “Tá legal, seu Feola, mas o senhor combinou com os russos?”.

 

 

A história serve de analogia a intenção do prefeito Beto Passos de ter plantão 24 horas em pediatria. Será que combinou com os pediatras?

 

 

 

 

 

SEM NOVIDADES NO FRONT

Ainda não se tem o nome do secretário de desenvolvimento econômico de Canoinhas. Paulo Machado deixou a pasta há quase um mês.

 

 

 

HINO NA ESCOLA

Aprovado em segunda votação projeto de lei que institui a execução do Hino Nacional e do Município nas escolas municipais de Canoinhas. O projeto de autoria de Chico Mineiro (PR) segue para sanção, ou não, do prefeito Beto Passos (PSD).

 

 

 

IMAGEM

Apesar de a imagem da maioria dos brasileiros sobre os deputados e os senadores não ser positiva, a aprovação à atuação do Congresso Nacional aumentou e atingiu neste ano um quinto da população (22%), segundo pesquisa Datafolha.

Trata-se do maior patamar já aferido em início de legislatura pelo instituto (que fez pesquisas semelhantes em 2007 e 2015). Ele é registrado após uma eleição com grau histórico de renovação no Legislativo. Em abril de 2015, somente 11% tinham avaliação boa ou ótima do Congresso. Em 2007, eram 16%.

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário: