quinta-feira, 16

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Corpo com sinais de violência é encontrado em estado de decomposição em Três Barras

Últimas Notícias

- Ads -

Terezinha de Fátima Moreira estava morta há dias dentro de casa

 

 

O corpo de uma mulher com sinais de violência e já em estado de decomposição foi encontrado na tarde desta segunda-feira, 15, em uma casa na rua Ana Correia e Silva, distrito do São Cristóvão, em Três Barras. Terezinha de Fátima Moreira tinha 59 anos.

 

 

 

Segundo a Polícia Militar, o corpo apresentava sinais de ter sofrido lesões que culminaram em sua morte. A mulher aparentava estar morta há vários dias, devido ao estado de decomposição, sendo assim o policiais militares iniciaram os procedimentos de isolamento do local e chamaram a Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícias (IGP).

 

 

 

O IGP divulgou, preliminarmente,  que há indícios de que a morte tenha sido natural, porém, destaca o delegado Darci Nadal Jr, somente o laudo cadavérico, que deve ficar pronto em uma semana, atestará a causa da morte. “Os bombeiros relataram para nós que a vítima tinha lesões no rosto, mas no local não foi possível constatar as lesões por causa do estado de putrefação. A única coisa que verificamos é que não havia lesão perfuro cortante, nem sinal de lesão corto contusa, seja causada por força física ou disparo de arma de fogo. Preliminarmente o laudo cadavérico não constatou nada, mas estamos aguardando o laudo final. Não havia sinal de arrombamento da casa, nem de porta nem janela, e a vítima estava deitada na cama, o que consideramos outro indício de morte natural”, esclarece o delegado.