Coronel Araújo Gomes, comandante da PMSC, é o canoinhense do ano

Araújo Gomes no dia da posse como comandante geral da PM/Arquivo

Ele concorreu com outros dois canoinhenses em enquete promovida pelo JMais

 

 

Com 230 votos, o coronel da Polícia Militar de Santa Catarina, Carlos Alberto de Araújo Gomes Junior, comandante geral da PMSC e atual presidente do colegiado que comanda a Secretaria de Estado de Segurança Pública, foi eleito o canoinhense do ano de 2018 em enquete promovida pelo JMais.


 

 

Em segundo lugar ficou o ator Jefferson Schroeder (149 votos) e, em terceiro, a confeiteira Dominique Conceição (94 votos).

 

Gomes assumiu em fevereiro de 2018, o comando geral da Polícia Militar de Santa Catarina. Até então ele era comandante da 11ª Região da PM, que abrange municípios da Grande Florianópolis. Gomes tem 50 anos, é natural de Canoinhas e radicado na Capital. Por cinco anos, esteve à frente do comando do 4º Batalhão da PM, que abrange a região Central de Florianópolis, Sul e Leste da Ilha de SC.

Gomes é oficial da Polícia Militar de Santa Catarina, tendo sido declarado aspirante a oficial em 27 de novembro de 1987 e promovido a coronel, o último posto da carreira dos oficiais de PM, em 31 de janeiro de 2016. Exerceu o cargo de subcomandante-geral desde 28 de abril de 2017 até assumir o comando geral.



 

 

Foi condecorado com os brasões de mérito pessoal, medalhas de mérito por tempo de serviço, do Proerd, do mérito da aviação e do mérito policial militar coronel Lopes Vieira.

 

 

Exerceu como principais funções a criação e comando do pelotão de paramédicos em Joinville, coordenou programas na área de atendimento pré-hospitalar, resgate veicular e combate à incêndio. Atuou na Defesa Civil catarinense e junto à terceira seção do Estado Maior-Geral. Desempenhou missões oficiais no governo federal, no Estado do Rio de Janeiro e no Pará, junto aos ministérios da Justiça e Integração Nacional. Participou da comitiva brasileira que definiu a estratégia internacional de redução de desastres (Marco de Hyogo) no fórum mundial da Organização das Nações Unidas (ONU) no Japão e atua como pesquisador no Centro Universitário de Estudos sobre Desastres da UFSC. Comandou o 4º Batalhão de Polícia Militar, em Florianópolis, e a 11ª Região de Polícia Militar Aérea da Grande Florianópolis.

 

 

Na semana passada, foi nomeado secretário de Segurança Pública para o primeiro ano do governo de Carlos Moisés da Silva (PSL).

Deixe seu comentário:

Top