segunda-feira, 20

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

Com gol no fim, Fluminense vence Flamengo no Maracanã

Últimas Notícias

- Ads -

Yago Felipe garante triunfo do Tricolor nos acréscimos

 

FLUMINENSE X FLAMENGO

 

Com um gol de Yago Felipe aos 47 minutos do segundo tempo, o Fluminense derrotou o Flamengo de virada por 2 a 1, nesta quarta-feira, 6, no estádio do Maracanã, em jogo válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

 

 

 

Com o triunfo, o Tricolor fica na 7ª posição com 43 pontos. Já o Rubro-Negro é o 3º com 49 pontos.

 

 

DOMÍNIO DO RUBRO-NEGRO

A primeira oportunidade do time da Gávea surgiu logo no primeiro minuto. Gerson lança Filipe Luís na esquerda. O lateral avança e cruza rasteiro para o meio da área, onde Everton Ribeiro faz corta-luz para Gabriel chegar batendo sozinho. Mas a bola vai por cima da meta adversária.

 

 

O Flamengo volta a ter uma chance clara dois minutos depois, quando, após cobrança de escanteio, Rodrigo Caio acerta cabeçada, mas Marcos Felipe se estica para fazer boa defesa.

 

 

O Fluminense só conseguiu sua primeira oportunidade aos 8 minutos. O meia Yago Felipe recebe passe de Fred e acerta chute forte, mas por cima do gol defendido por Hugo Souza.

 

 

A partir daí o time da Gávea tomou conta da partida, em especial porque assumiu as ações no meio de campo, mantendo a posse de bola em busca de uma boa oportunidade de vencer o goleiro adversário.

 

 

As chances foram se apresentando, mas o ataque do Flamengo só funcionou aos 39 minutos, quando Everton Ribeiro recebe na direita, avança até a linha de fundo e cruza para o meio da área, o zagueiro Matheus Ferraz corta mal e o uruguaio Arrascaeta chega de cabeça para abrir o marcador.

 

 

O time das Laranjeiras até tenta algo um pouco antes do intervalo com uma série de escanteios, mas o placar não muda mais nos 45 minutos iniciais.

 

 

VIRADA NO FIM

Após um primeiro tempo muito ruim, o Fluminense sai mais para o jogo buscando a recuperação diante do Flamengo. Com essa nova postura, o Tricolor começa a ter oportunidades, a primeira delas aos 6 minutos, em boa jogada de Wellington Silva, que chuta com perigo.

 

 

E três minutos depois o Tricolor consegue o empate, quando Danilo Barcelos cobra falta na direção da área adversária e Luccas Claro aparece sozinho para marcar de cabeça.

 

 

Aos 13 minutos o Flamengo responde em cobrança de falta do uruguaio Arrascaeta que termina no travessão do gol defendido por Marcos Felipe.

 

 

Três minutos depois é o time das Laranjeiras que tem oportunidade cristalina, quando, após boa trama no meio de campo, Fred lança Michel Araújo, que, com habilidade, se livra da defesa adversária e chuta na trave do gol de Hugo Souza.

 

 

A partir daí o Fluminense recuou suas linhas e passou a buscar uma oportunidade de desempatar em contra-ataque, enquanto o Flamengo mantinha a posse de bola.

 

 

As oportunidades surgiram de lado a lado. Mas o jogo só foi decidido nos acréscimos, aos 47 minutos, quando Filipe Luís vacila na saída de bola, que fica com Yago Felipe, que avança e bate na saída de Hugo Souza. Vitória do Fluminense, de virada, por 2 a 1.

 

 

BRAGANTINO X SÃO PAULO

 

Noite de sonho para o Red Bull Bragantino e de pesadelo para o São Paulo. Nesta quarta-feira, 6, o Massa Bruta não tomou conhecimento do líder da Série A do Campeonato Brasileiro e goleou por 4 a 2 no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), pela 28ª rodada da competição. O time dirigido por Maurício Barbieri foi superior durante os 90 minutos, criou várias chances e não tornou o placar mais elástico por conta de importantes defesas do goleiro Tiago Volpi.

 

 

 

 

O resultado negativo se dá uma semana após a eliminação para o Grêmio na semifinal da Copa do Brasil, que aumentou a pressão pelo título brasileiro. O Tricolor não ergue uma taça desde 2012, quando venceu a Copa Sul-Americana. Com 56 pontos, o clube da capital paulista segue na primeira colocação e acabou se beneficiando da derrota do Flamengo para o Fluminense, também nesta quarta, mantendo a diferença para Atlético-MG e Flamengo (ambos com um jogo a menos) em sete pontos.

 

 

 

Na segunda metade da tabela, o Bragantino se fortaleceu na luta para se distanciar do Z-4. A equipe do interior foi a 34 pontos e assumiu a 12ª posição, na zona de classificação à próxima edição da Sul-Americana. O Massa Bruta ainda pode ser ultrapassado na rodada se o Atlético-GO superar o Vasco na quinta-feira, 7, em Goiânia, às 19h (horário de Brasília). O Cruzmaltino, que abre a zona de rebaixamento, e o Bahia, primeiro time fora dela, estão seis pontos atrás do Braga.

 

 

 

GRÊMIO X BAHIA

 

O Grêmio derrotou o Bahia por 2 a 1, nesta quarta-feira, 6, em Porto Alegre, na abertura da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com este triunfo. O Tricolor assumiu a quarta posição da classificação com 48 pontos.

 

 

 

 

Jogando em casa, a equipe do técnico Renato Gaúcho começou a partida pressionando o adversário. Assim, a primeira oportunidade não demora a aparecer, aos 6 minutos Diego Souza cabeceia para fora após bola cruzada por Alisson.

 

 

 

Mas o primeiro gol da partida não seria feito por um veterano, mas por um garoto, o lateral Vanderson, que aproveita lançamento de Diogo Barbosa para marcar seu primeiro tento como profissional aos 16 minutos.

 

 

Com o 1 a 0 no marcador, o jogo ficou aberto. E o Bahia poderia ter empatado aos 28 minutos, quando Gilberto chegou a vencer o goleiro Vanderlei, mas o juiz anula o lance com auxílio do VAR (árbitro de vídeo) ao assinalar impedimento do centroavante. Assim, o placar permanece inalterado até o intervalo.

 

 

Mas no retorno para a etapa final, o Bahia empatou logo no primeiro minuto, com o zagueiro Anderson Martins.

 

 

Jogando em casa, o Grêmio queria a vitória. E ela foi garantida sete minutos depois. O Tricolor tem uma cobrança de falta em dois toques muito perto da meia lua da área adversária. Então, Diogo Barbosa rola a bola para Diego Souza, que acerta um chute muito forte para superar o goleiro Douglas.

 

 

BOTAFOGO X ATHLETICO-PR

 

Na outra partida que abriu a rodada, o Botafogo recebeu o Athletico-PR no estádio do Engenhão. Mas o Glorioso continua vivendo uma fase muito negativa, sendo derrotado por 2 a 0 e permanecendo na zona do rebaixamento, na penúltima posição, com 23 pontos.

 

 

 

 

A vitória do Furacão começou a ser construída aos 30 minutos do primeiro tempo, quando Carlos Eduardo tocou para Renato Kayzer vencer o goleiro

 

 

O segundo gol veio apenas na etapa final, logo aos 3 minutos, com o meia Léo Cittadini. Com o triunfo fora de casa, o Athletico-PR sobe para a 10ª posição com 37 pontos.

 

 

Veja a classificação atualizada da Série A do Brasileiro.