Com a ajuda dos bombeiros, mãe consegue reanimar bebê de nove dias


Divulgação

Criança estava com as vias nasais obstruídas e chegou a ficar dois minutos sem respirar

 

 

 

Na tarde desta segunda-feira, 14, o Corpo de Bombeiros de Canoinhas recebeu um chamado de uma mãe moradora da rua Saulo de Carvalho, no bairro Jardim Esperança, para socorrer seu bebê recém-nascido, vítima de obstrução de vias aéreas por corpo estranho (Ovace). Quando chegaram na casa, os bombeiros encontraram o bebê de apenas nove dias no colo da mãe, consciente, porém, com respiração ruidosa, sendo estimulado o choro para verificação da liberação das vias nasais.

 

 

 

Segundo o relato da mãe, ao pegar a criança no colo para amamentar, o bebê estava espumando pela boca e ficando com a coloração roxa, sem movimentos respiratórios. De imediato ela ligou para o Corpo de Bombeiros e iniciou os procedimentos passados por telefone. A mãe informou também que a criança permaneceu por cerca de dois minutos sem respirar, mas ela obteve êxito na reanimação da criança, que chorou. No entanto, o bebê intercalava com a dificuldade respiratória e a perda de consciência.

 

 

 

Após realizados os procedimentos padrões de atendimento pré-hospitalar, a criança junto com a mãe foram encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Canoinhas para avaliação médica.





Deixe seu comentário: