quarta-feira, 6

de

julho

de

2022

ACESSE NO 

Caso Bruno Damas: câmera flagra luta corporal instantes antes do assassinato

Últimas Notícias

- Ads -

Detidos em Porto União com o carro da vítima, um homem e um adolescente confessaram o crime

Um homem de 21 anos foi preso e um adolescente de 17 apreendido na noite desta segunda-feira, 9, suspeitos de cometer um homicídio em Rio Negro.

A dupla estava em um Ford Ka da cor prata, pertencente ao motorista de aplicativo Bruno Damas Pereira, de 27 anos, encontrado horas antes sem vida, na avenida Rio de Janeiro, na Vila Paraíso.

Imagens de uma câmera de monitoramento mostra que Bruno parou o carro na avenida e desceu já em luta corporal com um passageiro. Após golpear o motorista, o homem fugiu com o carro da vítima.

Através de outras câmeras do sistema de monitoramento municipal, o setor de inteligência da PM conseguiu identificar a placa do veículo e, com apoio da Polícia Militar de Mafra, chegar até o nome da vítima.




CERCO EM PORTO UNIÃO

Os suspeitos seguiam com o carro da vítima em direção a Porto União, onde foi realizado um cerco na região.

O carro foi abordado pela Polícia Militar de União da Vitória, que prestava apoio na operação.

Segundo o boletim de ocorrência, a dupla confessou o crime, informando ter anunciado um assalto, onde a vítima reagiu e foi golpeada com uma faca.

Eles foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Rio Negro, onde estão à disposição da justiça.

O corpo de Bruno foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. Também foram recolhidos pela perícia o celular da vítima e a faca usada no crime.

SEPULTAMENTO

Segundo a Funerária Henvida, o corpo do jovem Bruno Damas Pereira será velado na Capela Henvida a partir das 9h desta quarta-feira, 11. Em seguida, ele será sepultado às 15h no Cemitério Municipal de Mafra. Deixa enlutados pais, irmã, tios, tias e demais familiares e amigos.

Além de motorista de aplicativo, Bruno também era terapeuta. Ele tinha tios e outros familiares em Canoinhas.