Carnaval não será ponto facultativo em Canoinhas


Prefeitura de Canoinhas abre normalmente dia 16/Priscila Noernberg/Arquivo

Decreto do prefeito em exercício define o calendário de feriados e pontos facultativos do ano

 

 

DIA NORMAL

Pela primeira vez em décadas (não está claro se em algum ano isso aconteceu) Canoinhas não terá ponto facultativo no carnaval. Decreto assinado pelo prefeito em exercício Renato Pike (PL) na semana passada define os feriados e pontos facultativos para 2021. O carnaval não consta como sempre constou, ou seja, ponto facultativo. Dessa forma, dia 16 de fevereiro será um dia normal de trabalho nas repartições públicas municipais.

 

 

 

A tendência é de que o comércio e setor de serviços siga essa mesma linha e mantenha lojas abertas e serviços ativos.

 

 

 

O Carnaval não é um feriado nacional. Os governos precisam decretar ponto facultativo para não haver expediente no setor público. Isso tem sido seguido de forma automática há muitas décadas, mas virou uma questão com a pandemia. O Brasil todo cancelou a festa por  não haver segurança sanitária para aglomerações.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LICITADA

A Rocha Empreendimentos vai executar as obras de pavimentação das ruas Alcyr Woitexen, Alvino Voigt, João Sabatke e Alfredo Bach, em Canoinhas. A contratação foi efetivada na semana passada.

 

 

 

A Rocha também vai construir um lar para idosos em Major Vieira.

 

 

 

 

 

 

 

 

ESTÁ DIFÍCIL

Depois do parto que foi definir o primeiro escalão, o segundo, mais amplo, está pequeno para Beto Passos (PSD) acomodar todos que se julgam merecedores dos cargos.

 

 

 

 

 

 

 

 

16

nomeados de segundo escalão tiveram portaria publicada na semana passada em Canoinhas

 

 

 

 

 

 

 

 

BARRACÃO

Barracão de recicláveis de Canoinhas/Biluka

O barracão usados por recicladores no Campo d’Água Verde teve parte danificada por um vendaval no ano passado. Só agora o Município está licitando empresa para reconstruir o barracão.

 

 

 

 

 

 

 

 

EU ASSUMO

Cristiano Estrela, Secom/Divulgação

Governador Carlos Moisés convidou o ex-prefeito de Chapecó Luciano Buligon (PSL) para assumir a cobiçada Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável. Um convite pessoal, do governador ao ex-prefeito, ignorando as recentes composições políticas.

 

 

 

 

 

 

 

 

BOLSONARO 2.0

Divulgação

Um novo Jair Bolsonaro veio a Florianópolis na semana passada. Depois de casar com o Centrão, o presidente até abraçou o governador Carlos Moisés (PSL), a quem xingou e cujo mandato criticou por não seguir seus dogmas.

 

 

 

Em seu discurso, Moisés agradeceu “a sensibilidade do presidente por estar mais uma vez em Santa Catarina”. Disse, ainda, que ambos foram eleitos sob a mesma bandeira. “O que nos afasta é infinitamente menos daquilo que nos aproxima”, concluiu Moisés.

 

 

 

 

 

 

 

Estamos há 39 dias

Sem o governador Carlos Moisés cumprir a promessa de compra de um novo tomógrafo para o Hospital Santa Cruz de Canoinhas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VIDA BOA

O jornal O Estado de S.Paulo publicou reportagem sobre as regalias concedidas em estatais brasileiras. Tem até salário extra por filho:

 





Deixe seu comentário: