Canoinhas tem maior taxa de abstenção da comarca; Bela Vista do Toldo a menor


Elza Fiúza/Arquivo/Agência Brasil

Mesmo assim, média canoinhense está um pouco abaixo da média catarinense, de 22,47%

 

 

 

Pelo menos 9.262 eleitores aptos a votar em Canoinhas deixaram de comparecer às urnas no domingo, 15. Em porcentagem, isso representa 22,11% do total, um número recorde. No Estado, no entanto, este percentual foi um pouco mais alto, de 22,47%, maior do que o registrado em 2016, quando chegou a 13,02%. Em 2016, a taxa de abstenção em Canoinhas foi de 17% (7.096).

 

 

 

 

Na comarca, a menor taxa de abstenção foi em Bela Vista do Toldo (10,16%), taxa próxima da mesma registrada em 2016, que foi de 9,91%. Em Major Vieira, 13,58% dos eleitores aptos a votar não compareceram e em Três Barras, 18,47%. Em 2016, Major Vieira registrou taxa de abstenção de 9,29% e Três Barras de 14,92%.

 

 

 

As eleições foram realizadas em meio à pandemia de Covid-19, com uma série de regras e mudanças. Para evitar situações de aglomerações, por exemplo, o TSE retirou o uso da biometria e indicou as primeiras horas da votação preferencialmente para os idosos.

 

 

 

 

O uso de máscaras foi obrigatório tanto para eleitores quanto para os mesários. Apesar de o TRE informar que os mesários usariam viseiras plásticas (face shields), em muitos locais de votação eles estavam apenas com máscaras de pano.

 

 

 

ESTADO

Ao todo, 4.036.244 milhões de eleitores foram votar no domingo em Santa Catarina. Outros 1.169.687 milhão não apareceram para exercer o direito nas 295 cidades do Estado. No Brasil, a abstenção ficou em 23,14%.





Deixe seu comentário: