Canoinhas deve ter recorde absoluto no número de candidatos a vereador


Fim das coligações na proporcional deve motivar grande número de candidaturas

 

 

 

 

REGISTRADOS

A coligação que apoia Beto Passos foi a primeira a registrar seus candidatos. No total são 45 pretendentes a vereador do PDT, PL e PSD, porém, há ainda outras três siglas que apoiam a candidatura a reeleição, mas que por força da nova legislação eleitoral precisam trilhar caminhos independentes na disputa pela Câmara de Vereadores. O Progressistas, PSL e PSC ainda não registraram seus candidatos. Cada partido, em Canoinhas, pode registrar até 15 candidaturas.

 

 

 

 

 

O fim das coligações para a eleição proporcional, a exemplo da disputa para prefeito, deve elevar o número de candidatos ao recorde absoluto. Em 2016 foram 113 candidatos em Canoinhas, mais que a metade deste número já corresponde a apenas as três siglas que apoiam Passos.

 

 

 

 

Se todos os 13 partidos que se envolveram na disputa majoritária lançarem 15 candidatos, Canoinhas terá 195 candidatos a vereador.

 

 

 

 

 

Como cada partido só pode contar com os votos da própria chapa de vereadores, deve prevalecer o instinto de sobrevivência que remete à cláusula de barreira progressiva imposta pela reforma de 2017. Ela faz com que as legendas só tenham acesso ao fundo partidário e à propaganda no rádio e na TV se alcançarem um desempenho mínimo nas eleições de 2022: ao menos 2% dos votos válidos para a Câmara em nove estados ou eleger onze deputados em nove unidades da federação. Os partidos se movem com a crença de que mais vereadores elevam as chances de emplacar deputados daqui a dois anos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COORDENADOR

O prefeito Beto Passos convidou o vereador Paulo Glinski para ser o coordenador geral da campanha à reeleição. “Experiente, extraordinário articulador e interlocutor, o Dr. Paulo Glinski terá papel importante no processo eleitoral, justamente por ter carreira vitoriosa na vida pública”, afirma  Passos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DECEPCIONADO

Questionado sobre a mudança de cenário com a confirmação da candidatura de Norma Pereira (PSDB) em Canoinhas, o também candidato Ivan Krauss (PRTB) disse que “a notícia me deixa triste pela falta de comprometimento da Norma com a necessidade de Canoinhas. Como ela mesmo disse na Câmara de Vereadores, há pouco tempo, Canoinhas sofre por não ter um representante da Câmara dos Deputados e na Alesc. Ela poderia ser esta pessoa e prefere suprir os anseios do seu partido a ajudar Canoinhas. Triste!”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NÃO TÃO JUNTOS

O PSC de Irineópolis não foi de corpo e alma para o apoio ao MDB de Wanderlei Lezan. Parte do partido apoia o MDB, parte o PSDB do candidato do atual prefeito, Lademir Fernando Arcari.

 

 

O atual vice-prefeito, que é do PSC, apoia o PSDB, enquanto o presidente do partido e alguns filiados apoiam o ex-prefeito Lezan.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SEGURANÇA

Para garantir a segurança de eleitores, mesários e todos os trabalhadores envolvidos com as eleições municipais de 2020 e evitar a propagação do novo coronavírus, a Justiça Eleitoral criou um protocolo de cuidados sanitários que devem ser adotados nos dias de votação. O Plano de Segurança Sanitária foi um dos assuntos tratados pelo presidente do TRE catarinense, o desembargador Jaime Ramos, em entrevista coletiva por videoconferência na tarde desta sexta-feira, 18.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CURSO

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibiliza até o dia 18 de dezembro o curso a distância “Prestação de Contas Eleitorais 2020”, com o objetivo de orientar candidatos, representantes de partidos políticos, contadores, advogados, administradores financeiros e cidadãos em geral sobre o passo a passo desse processo, conforme a legislação vigente. A capacitação é gratuita e oferece turmas separadas para os públicos interno (servidores da Justiça Eleitoral) e externo.

 

 

 

 

Com carga horária de 15 horas, o curso é dividido em sete módulos: Pré-requisitos para o início da campanha; Arrecadação de recursos; Gastos eleitorais; Comprovação da movimentação, sobras e dívidas; Prestação de contas; Análise e julgamento das contas; e Controle sobre as contas e processamento.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MARCHA

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já registrou, até sexta-feira, 55.035 pedidos de registros de candidatura para concorrer aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador nas Eleições Municipais de 2020. Os partidos e coligações têm até as 19h do dia 26 de setembro para a apresentação dos pedidos à Justiça Eleitoral.

 





Deixe seu comentário: