Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

segunda-feira, 27

de

maio

de

2024

ACESSE NO 

Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul? Veja os canais oficiais

Canoinhas deve acumular mais 70 milímetros de chuva até domingo

Últimas Notícias

Previsão aponta risco de nova enchente

- Ads -

A Secretaria da Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina e a Epagri/Ciram emitiram alerta na tarde desta quarta-feira, 15, sobre as condições meteorológicas que vale até sábado, 18. Para a região de Canoinhas há alerta de acúmulo de mais 70 milímetros de chuva, com maior precipitação no sábado, 18.

A semana segue marcada por instabilidade em Santa Catarina, com chuva intensa e temporais frequentes, associadas a áreas de baixa pressão, atuação do Jato de Baixos Níveis (JBN) (responsável pelo transporte de umidade da região Amazônica para o Sul do Brasil) e também a passagem de um sistema frontal.

Até sábado, 18, são esperados acumulados de chuva entre 200 a 250 mm no Planalto Sul e Litoral Sul principalmente. No Grande Oeste, região da Grande Florianópolis e do Vale do Itajaí, os volumes de chuva variam entre 150 a 200 mm. Nas outras regiões do estado, oscilam entre 60 a 120 mm com pontuais acima que podem ocorrer em todas as regiões, especialmente nas áreas mais próximas ao Rio Grande do Sul.

O período mais chuvoso deve ocorrer entre a sexta-feira, 17, e o sábado, 18. Há risco alto para alagamentos, enxurradas, destelhamentos, danos na rede elétrica e queda de galhos e árvores.

Entre domingo, 19, e a próxima terça-feira, 21, a tendência é de melhoria das condições de tempo, sem grandes volumes de chuva e presença de sol.

SITUAÇÃO HIDROLÓGICA

A semana segue marcada por chuva intensa e temporais em todo estado de Santa Catarina. Ao longo do final de semana, são esperados volumes de chuva que elevam os rios em praticamente todas as bacias do Estado, principalmente entre a sexta, 17, e sábado, 18, com possibilidade de ocorrência de alagamentos, enxurradas e de inundações graduais, sobretudo nas bacias que compõem as regiões do Grande Oeste, Planalto Sul, Vale do Itajaí, Grande Florianópolis e Litoral Sul, onde o risco é MUITO ALTO. Já nas regiões das bacias hidrográficas do Planalto Norte e Litoral Norte o risco é ALTO para alagamentos, enxurradas e inundações graduais.

Boletim da Defesa Civil/Reprodução

Nesta quarta, o nível do rio Canoinhas está em 6,76 metros, com tendência de baixa. Já o rio Negro, em Três Barras, onde há 430 pessoas atingidas pela enchente em abrigos, o nível do rio está em 7,01. Ambos os rios estão voltando para o leito lentamente.

ALERTA

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) também emitiu alertas de tempestade para o Sul do país nos próximos dias, em razão do ar quente, úmido e bastante instável que predomina na região. A Defesa Civil do Rio Grande do Sul também alertou para chuvas e ventos pontualmente fortes, descargas elétricas e eventual queda de granizo. 

Nesta quarta-feira, 15, diferentes cidades do interior gaúcho registraram queda de granizo. A previsão do Inmet é que, nesta quinta, 16, e na sexta-feira, 17, a instabilidade se mantenha, com novos temporais em áreas dos três Estados.

Até esta quinta, os maiores acumulados de chuva devem ocorrer entre o norte do Rio Grande do Sul e o sul do Paraná, com valores diários acima de 100 milímetros em algumas localidades. Até sábado, 18, o volume nestas áreas pode superar 300 milímetros. 

Já no sul gaúcho e norte paranaense, não se descartam volumes de chuva pontuais em torno de 50 milímetros e alguns temporais. 

A Defesa Civil orienta que, antes das chuvas, a população verifique as condições do telhado de casa e árvores no entorno e adote medidas preventivas caso sejam necessários reparos. Durante as chuvas, a orientação é ficar em segurança, retirando eletrônicos da tomada e fechando bem portas e janelas.

Em caso de emergência, o número do Corpo de Bombeiros é o 193. 

- Ads -
Olá, gostaria de seguir o JMais no WhatsApp?
JMais no WhatsApp?