Candidato a reeleição em Porto União é o mais rico do Planalto Norte


Eliseu Mibach faz juramento ao ser empossado/Mariana Honesko/VVale

Em Canoinhas, Norma Pereira (PSDB) figura como a que tem maior patrimônio

 

 

 

 

OS MAIS RICOS

O portal VVale compilou em uma reportagem os bens declarados pelos candidatos catarinenses, exclusivamente ao cargo de prefeito, registrada neste ano no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os dados mostram a diversidade financeira dos participantes das eleições municipais de 2020. A informação é requisito essencial para o registro de candidatura no TSE.

 

 

 

 

O levantamento foi realizado com base nos dados disponíveis até o dia 9, na plataforma Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais Eleições Municipais 2020, chamada Divulgacand. Os partidos tiveram até o dia 26 de setembro, para registrar as candidaturas.

 

 

 

 

Isolando apenas os candidatos do Planalto Norte, Eliseu Mibach, que busca a reeleição em Porto União, é o que tem maior patrimônio (R$ 10.148.166,35), é o sétimo mais rico de Santa Catarina. Na sequência está Norma Pereira (PSDB), que busca a prefeitura de Canoinhas (R$ 3.481.445,00). Norma figura na posição 43 entre os mais ricos do Estado.

 

 

 

Na posição 49 no Estado está o candidato mafrense Celso Strobel (R$ 3.032.160,77), seguido de Adriana Dornelles na posição 121 no Estado (R$ 1.405.108,00).

 

 

 

 

Gilberto Knapick, candidato a prefeito de Porto União vem na posição 124 com R$ 1.378.428,49 declarado em patrimônio, seguido de Aline Ruthes, candidata de Major Vieira com patrimônio declarado de R$ 1.356.356,93. Luis Shimoguiri, candidato a reeleição de Três Barras também figura no clube do mais de R$ 1 milhão, figurando na 136ª posição estadual com patrimônio de R$ 1.305.000,00. É mais que Gilson Nagano, que está na 140ª posição no Estado com patrimônio declarado de R$ 1.273.411,18.

 

 

 

Hélio Schroder, de Major Vieira, tem patrimônio de R$ 1.101.520,00 (168ª posição no Estado). Todos os demais candidatos a prefeito do Planalto Norte têm patrimônio declarado inferior a R$ 1 milhão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O MAIS RICO

O candidato que disputa o cargo a reeleição para a prefeitura de Jaraguá do Sul, Antídio Aleixo Lunelli (MDB), lidera o ranking de bens declarados à Justiça Eleitoral, com pouco mais de R$ 350 mil.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DEFESA

O candidato a vereador de Canoinhas Sérgio Moreira (MDB) enviou contraponto à coluna desta quarta que mostrou que 18 candidatos do Planalto Norte receberam parcelas do auxílio emergencial do Governo Federal. Leia a nota na íntegra abaixo:

 

 

“’QUEM FALA A VERDADE NÃO MERECE CASTIGO’, frase da minha mãe Elvira Moreira. Sim!!!!, recebi 4 parcelas de R$ 600,00 cada!!!! Com relação a matéria publicada nesta ultima quarta feira no JMais, segue meus esclarecimentos:

 

 

Meu patrimônio declarado a justiça eleitoral no valor de 308 mil reais consiste em uma casa (270 mil) e uma caminhonete (38 mil), ambos financiados por bancos e que, portanto, ainda não estão pagos e não me pertencem.

 

 

 

Não tenho registro em carteira Profissional.

 

 

 

Sou Diretor Presidente da Radio Nativa FM e não recebo nada por essa função que ocupo.
Tenho uma Microempresa Individual (MEI) pela qual presto serviços a Rádio Nativa FM como administrador e locutor, e em função da pandemia e consequente baixa contratação, não recebo desde o mês de agosto de 2020, portanto há quase três meses.

 

 

 

 

Me inscrevi para receber o auxílio emergencial como MEI (não como CANDIDATO) do ramo de eventos, os quais não promovi nenhum desde a decretação da pandemia e, portanto, não tive rendimentos neste ano.

 

 

 

E finalmente, no momento em que minha candidatura foi deferida pela Justiça Eleitoral, o benefício foi imediatamente suspenso, portanto não estou recebendo mais.

 

 

 

Por tudo isso e por julgar justo ter recebido os valores do auxílio emergencial, conforme aqui exposto, me coloco a disposição do TCU para que, se for preciso devolver tais valores, pois tenho uma vida pública isenta de qualquer tipo de favorecimento ilícito e corrupção.

 

 

 

Todos os documentos e informações estão à disposição de quem quer que seja no endereço do meu trabalho na Rádio Nativa FM.”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

UNIGUAÇU

Reitor da Uniguaçu durante fala nesta quarta/Edinei Wassoaski/JMais

Evento na tarde desta quarta-feira, 11, marcou a estreia da Uniguaçu em Canoinhas. Inicialmente a Universidade vai usar as dependências da Escola Básica Municipal Aroldo Carneiro de Carvalho, mas a ideia, segundo o reitor Edson Aires da Silva, é construir uma sede própria. A escola foi cedida por meio de lei aprovada na Câmara, para que a Uniguaçu usufrua do local e, em contrapartida, reforme o telhado da escola. Inicialmente, os cursos a serem oferecidos na unidade de Canoinhas são: Administração, arquitetura e urbanismo, ciências contábeis, engenharia civil, engenharia elétrica, engenharia de produção, engenharia de software, estética e cosméticos e farmácia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CADÊ O DINHEIRO?

Sobre o questionamento da vereadora Norma Pereira sobre o fim de R$ 700 mil destinados pelo deputado Cel Armando (PSL) a Canoinhas, o prefeito Beto Passos (PSD) deve responder que os recursos simplesmente ainda não apareceram na conta da prefeitura.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PESQUISAS

Na reta final das campanhas começou a divulgação de pesquisas encomendadas pelos próprios candidatos. Todos que têm condições investem pelo menos em uma pesquisa que, obviamente, se for positiva, é divulgada. Do contrário, claro, vai para a gaveta. Nada de novo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TRÊS BARRAS

Dessa forma, Luis Shimoguiri (PSD) foi o primeiro a divulgar pesquisa na qual aparece bem à frente dos seus adversários. A pesquisa do Instituto Imagem Pesquisa e Treinamento aponta que Shimoguiri tem 58,5% das intenções de voto ante 24,5% das intenções de voto em Gilson Nagano (PL), 15,4% em Marco Antonio Gorguinho (MDB) e 1,6% em André Neves (PRTB). Carmito (DC) e Edson Rocha (Avante) não pontuaram.

 

 

 

 

 

A pesquisa, que ouviu 350 eleitores no dia 5 de novembro foi registrada no TRE sob o número SC 03745/2020. A margem de erro é de 4,5% para mais ou para menos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BELA VISTA DO TOLDO

Já em Bela Vista do Toldo, Adelmo Alberti (PSDB) contratou pesquisa da Síntese que o mostra à frente com 61,61% dos votos, seguido de Carlinhos Schiessl (PDT) com 23,66% das intenções. 14,73% não sabem/não opinaram. A pesquisa ouviu 224  pessoas entre 6 e 7 de novembro e está registrada sob o número SC-05123/2020. A margem de erro de até 6,55% para mais ou menos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EXPECTATIVA

Beto Passos (PSD) também encomendou pesquisa. Deve ficar pronta até esta sexta-feira, 13.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PELAS REDES

Beto Passos (PSD) fez live nesta quarta-feira, 11, falando sobre diversos assuntos, buscando um fecho para a campanha nas redes sociais. “O vice-prefeito Renato Pike e eu falamos sobre os avanços de Canoinhas e nossos planos para o futuro desta terra que tanto amamos”, postou.

 

 

 

 

Ivan Krauss (PRTB) compartilhou meme que ironiza seus concorrentes.

 

 

 

Já Norma Pereira (PSDB) compartilhou link da entrevista que, assim como os seus concorrentes, concedeu à UnC FM.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PRA ANIMAR

A coligação de Norma Pereira entrou com representação contra a campanha do candidato a vereador pelo PRTB, Nando Kowalski. Ocorre que Nando é cantor e usou deste dote para animar o eleitorado. “Relata a parte Representante que o representado realizou, na data de ontem, 10/11/2020, às 22:07h, live em sua página na rede social Facebook, com duração de 1h08min, na qual cantou e, também terceiro tocou instrumento (violão), e cantou conjuntamente.” Para a juíza eleitoral Marilene Granemann de Mello, no entanto, a live não configura propaganda eleitoral.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ARQUIVADO

A Justiça arquivou, também, denúncia de uso irregular de carro de som contra o candidato a vereador de Três Barras, Ernani Wogeinaki Jr.

 





Deixe seu comentário: