Câmara autoriza Executivo a pleitear outra linha de crédito para pavimentações

Sérgio Teixeira/Divulgação

Segundo a justificativa do projeto, Executivo vai pleitear duas formas de financiamento

 

Em duas sessões extraordinárias realizadas na segunda-feira, 29, os vereadores de Canoinhas aprovaram projeto de lei que permite que o Município contrate empréstimo no valor de R$ 19,5 milhões junto ao Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa). Em dezembro do ano passado, o Município já havia sido autorizado a emprestar até R$ 20 milhões junto à Caixa Econômica Federal. Não se trata, no entanto, de um valor praticamente dobrado pela nova lei. O que ocorre é que o Município vai pleitear duas linhas de crédito diferentes. A que sair primeiro será contratada.

 


 

O projeto que busca os R$ 19,5 milhões já foi apresentado junto à Caixa. Agora, novo projeto, pleiteando R$ 20 milhões será apresentado também à Caixa, mas buscando outra linha de financiamento, por meio do Finisa.

 

 

 

“Trata-se de mais uma alternativa de financiamento. Não quer dizer que conseguiremos. O financiamento que sair antes, nós contratamos”, explicou o presidente da Câmara de Canoinhas, Célio Galeski (PR), se referindo a outra autorização de empréstimo dada pela Câmara no ano passado.

 

 

A lei foi motivada, segundo o Município, pelo que vem ocorrendo em municípios vizinhos, que têm conseguido o financiamento pelo Finisa com muito mais rapidez.

 



 

Em novembro do ano passado, a Câmara já havia autorizado o prefeito Beto Passos (PSD) a emprestar R$ 5 milhões junto ao Badesc Cidades. Nos dois casos, o dinheiro deve ser usado em pavimentações.

 

 

Se a Caixa liberar pelo menos R$ 14 milhões, serão pavimentadas ruas do Campo d’Água Verde, Água Verde, Alto das Palmeiras, Jardim Esperança, Jardim Santa Cruz e Alto da Tijuca. As ruas ainda não foram definidas.

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário: