Bombeiros combatem incêndios em vegetação em Papanduva e Mafra


Incêndio em reflorestamento de pinus em Mafra/Divulgação/Bombeiros de Mafra

Incêndios foram registrados em áreas de reflorestamento

 

 

 

Equipes do Corpo de Bombeiros de Papanduva e Mafra atenderam a chamados para combater incêndio em vegetação neste domingo, 13.

 

 

Em Mafra, os bombeiros foram chamados por volta das 17h30, para combater um incêndio em um reflorestamento de pinus, na localidade de Rio Branco II. O incêndio se alastrava por galhos secos e entulhos de árvores de pinus cortadas em solo de difícil acesso, com desníveis acentuados junto ao reflorestamento de pinus.

 

 

 

Segundo informações de populares, o terreno é de propriedade do Estado de Santa Catarina, onde funcionava uma pedreira que foi desativada. O local faz divisa com a propriedade do solicitante, que possui no limite do terreno uma plantação de aveia. O solicitante não foi encontrado no local, embora os bombeiros tenham tentado contato e acessado parte de suas terras para combater o incêndio.

 

 

 

Após o dimensionamento da cena e dos riscos, os bombeiros deram início ao combate com uso de abafadores e bombas costais. Foram utilizados pelo menos 500 litros de água, e muito trabalho por parte dos bombeiros, pela característica do terreno, pois a equipe não conseguiu acesso com viatura para extinguir as chamas, realizando a extinção de modo totalmente braçal.

 

 

 

Estima-se que a área atingida foi de aproximadamente 5 mil metros quadrados. Devido ao anoitecer e a dificuldade encontrada no terreno da antiga pedreira, focos de incêndio em áreas isoladas de difícil acesso e a fim de resguardar a segurança da equipe, não foi possível extinguir totalmente o fogo.

 

 

 

Cerca de meia hora depois, equipes do Corpo de Bombeiros de Papanduva foram acionadas para extinguir um incêndio em um reflorestamento de eucalipto. De imediato, os combatentes montaram uma linha de ataque.

 

 

Após cerca de 35 minutos entre combate e rescaldo e 2 mil litros de água, o fogo foi extinto.

 

 

 

De acordo com os bombeiros, a área total do terreno é de aproximadamente 30 mil metros quadrados e a área atingida foi de 12 mil metros quadrados.





Deixe seu comentário: