Bombeiro e cão farejador da corporação de Canoinhas vão ajudar em resgates em Brumadinho

Divulgação

Força tarefa parte neste sábado, 26, de Porto União, para Minas Gerais

 

Com o rompimento da barragem em Brumadinho, Minas Gerais, nesta sexta-feira, 25, nove bombeiros militares do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina foram enviados para apoiar a operação local, de resposta ao evento, entre eles o capitão Michels, além do cão farejador Chewbacca, ambos da corporação de Canoinhas. Além dos bombeiros militares, ainda prestarão apoio três viaturas 4×4, três binômios (dupla entre cão de busca e tutor bombeiro militar, entre elas a de Canoinhas) e também dois drones com pilotos.

 


A base para os bombeiros catarinenses é Porto União, onde eles se encontram neste sábado, 26, para seguir viagem ao local do desastre natural. Além destes recursos, mais oito bombeiros militares, duas viaturas tracionadas e dois binômios estão de prontidão em seus quartéis para, caso os gestores da crise julguem necessário, serem empregados na operação, se deslocando quando acionados.

 

 

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina possui 14 Forças Tarefas espalhadas pelo Estado, com homens e mulheres treinados para emprego em diversas situações de eventos críticos, desastres naturais e tecnológicos e outros. Com treinamentos específicos e larga experiência, poderão ajudar nas operações de Minas Gerais em: intervenções em áreas deslizadas, busca terrestre, comando e gerenciamento de crise, ajuda humanitária, resgates, salvamentos, busca e resgate em estruturas colapsadas, atendimentos pré-hospitalares e outras, cujos treinamentos estão compreendidos pelos integrantes das Forças-Tarefas. O emprego destas equipes não prejudica o atendimento em Santa Catarina, que segue normalizado, informa a corporação catarinense em nota.

 

 



 

MORTOS E DESAPARECIDOS

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais registrou, até o início da madrugada deSTE sábado, 26, nove mortes em decorrência do rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Vale, no município de Brumadinho. O último balanço da corporação informa ainda o resgate de nove pessoas retiradas com vida da lama de rejeitos e de cerca de 100 pessoas que estavam ilhadas.

 

 

A mineradora divulgou, na manhã deste sábado, uma lista com o nome das pessoas que não fizeram contato desde o rompimento da barragem. Mais de 400 pessoas, entre funcionários do quadro e terceirizados, integram o levantamento da mineradora.

 

 

De acordo com a empresa, a lista está sendo atualizada constantemente, conforme as pessoas são localizadas. “Se o seu nome está na lista, favor entrar em contato com a nossa ouvidoria para comunicar”, pediu a mineradora em comunicado. O telefone para atendimento é o 0800 821 500.

Deixe seu comentário:

Top