Aproveite a quarentena e coloque as melhores séries do streaming em dia


Fleabag é uma das dicas de séries curtas/Divulgação

Veja dez produções consagradas na mais recente temporada de prêmios

 

 

FLEABAG

Phoebe Waller-Bridge é um fenômeno. Autora e protagonista da produção ganhadora de dois troféus no Emmy — nas categorias melhor série de comédia e melhor atriz de comédia —, a atriz e roteirista de 34 anos conquistou um público abrangente coma comédia irreverente sobre o dia adi ade uma londrina jovem e solteira. Os episódios são curtos: ou seja, dá para conferir as duas temporadas em um dia. Disponível na Amazon Prime.

 
 
 

KILLING EVE

Está aí outra obra de Phoebe Waller-Bridge, igualmente premiada no último Emmy (na categoria melhor atriz dramática, para Jodie Comer). Adaptação dos livros de Luke Jennings, o de ritmo ágil reinventa aspectos do gênero ao acompanhar, com humor e ironia, a busca de uma investigadora americana (papel de Sandra Oh) por uma russa (Jodie). Disponível no Globoplay.

 
 
 

SUCCESSION

Uma das melhores séries de 2019 na opinião da crítica e colunista do GLOBO Patrícia Kogut, a produção da HBO tem arrebanhado fãs neste período de quarentena. Com duas temporadas disponíveis, o drama familiar com assinatura do roteirista Jesse Armstrong —que levou o prêmio de melhor série dramática no último Globo de Ouro — acompanha uma ferrenha disputa entre os herdeiros de um império de mídia. Disponível na HBO e no Now.

 
 
 

SEGUNDA CHAMADA

Vence dorado Troféu A PC Ana categoria série/minissérie, o drama dirigido por Joana Jabace, com texto de Carla Faour e Julia Spadaccini, foi o grande destaque entre as produções nacionais do último ano. E uma nova temporada, que teve as gravações provisoriamente suspensas devido à quarentena, está por vir, em breve. Estrelada por Debora Bloch, a história segue os dramas de professores e alunos numa turma de Educação de Jovens e Adultos de uma escola pública. Disponível no Globoplay.

 
 
 

POSE

Renovada para uma terceira temporada (ainda inédita), é celebrada por trazer o maior elenco transexual da história da TV. Vencedora do último Emmy na categoria melhor ator dramático (para Billy Porter) — e indicada ao troféu de melhor série dramática —, a produção faz um retrato de parte da cena gay na Nova York dos anos 1980. O enfoque da trama é a “ball culture”, como se chamavam os animados bailes em que a comunidade LGBT desfilava figurinos com temas predeterminados. Disponível na Netflifx.

 
 
 

BARRY

Um assassino de aluguel deseja abandonar o mundo do crime para se tornar um grande ator. Está aí a premissa da série de humor protagonizada por Bill Hader, também um de seus criadores, trabalho que o fez levar o prêmio de melhor ator de comédia em dois anos seguidos no Emmy (2018 e 2019). Nos EUA, ele é conhecido por ter integrado o elenco do programa humorístico de TV “Saturday Night Live”. Disponível na HBO e no Now.

 
 
 

OZARK

Desde que a sua terceira temporada foi lançada, no início deste ano, a série de suspense conquista novos elogios, com comparações à icônica “Breaking bad”. Laureada com o prêmio de melhora triz coadjuvanteem série de drama( paraJul ia Garner)noúl timo Emmy, no qual também foi indicada à categoria “melhor série de drama”, a produção estrelada por Jason Bateman e Laura Linney segue as reviravoltas na vida de uma família comum envolvida com a máfia. Disponível na Netflix.

 
 
 

THE MARVELOUS MRS. MAISEL

Já está confirmada a quarta temporada da série que vem agradando público e crítica. Vencedora de 16 Emmys —no último ano, levou o prêmio nas categorias melhor ator coadjuvante em série de comédia (para Tony Shalhoub) e melhor atriz coadjuvante (para Alex Borstein) — atrama segue os passos de umadona de casa que se transforma numa requisitada comediante na Nova York dos anos 1950. Disponível na Amazon.

 
 
 

THIS IS US

Há um ritmo novelesco e melodramático na série sobre os altos e baixos de uma família incomum. E isso é um mérito. Vencedora de três Emmys — no ano passado, a produção teve cinco indicações a categorias importantes da premiação, incluindo melhor série de drama —, a narrativa se constrói sem mocinhos ou vilões. Nas quatro temporadas às quais o público tem acesso, são as várias situações da vida que movimentam os conflitos. Disponível na Amazon, na Fox Premium e no Now.

 
 
 

GAME OF THRONES

Produção que mais acumulou indicações nas últimas premiações—eque venceu a principal categoria de melhor série dramática no Emmy —, a saga inspirada no universo literário de George R. R. Mar tiné o maior sucesso recente da TV americana. A grosso modo, a história acompanha uma disputa de tronos num mundo imaginário, em período e qui valenteà Idade Média.Épre ciso maist empopara“zerar” os 73 episódios, cada um com cerca de 70 minutos. Disponível na HBO e no Now.





Deixe seu comentário: