Acusados de tentativa de homicídio são condenados em Canoinhas


Fórum de Canoinhas/Biluka/JMais

Leandro Wojzinhack foi condenado a 6 anos e Elias Albinghaus a 4 anos de prisão

 

 

Leandro Wojzinhack e Elias Albinghaus foram condenados pelo tribunal do júri da comarca de Canoinhas nesta terça-feira, 5, acusados de tentarem assassinar em 5 de agosto de 2017 o desafeto Darci Alves.

 

 

 

Elias foi condenado a 4 anos, 5 meses e 10 dias de prisão, já Leandro recebeu condenação de 6 anos, 2 meses e 20 dias, pena maior por ser reincidente.

 

 

 

A tentativa de assassinato aconteceu na rua Professor Pedro Reitz, no distrito do São Cristóvão, em Três Barras. Consta dos autos que a vítima foi até a casa de sua namorada e, ao estacionar seu carro, foi surpreendida pela freada brusca de um veículo Peugeot SW, conduzido por Leandro, que estaria com Elias no banco do carona e um indivíduo não identificado no banco de trás.

 

 

 

 

 

Elias teria desembarcado do veículo e, efetuado cerca de dez disparos de arma de fogo, não apreendida, em direção a Darci. “Ressalta-se que os denunciados não alcançaram a consumação do delito por circunstâncias alheia às suas vontades, quais sejam, o fato de os disparos não terem atingido a vítima, que correu e se abaixou para se esquivar. Merece ser frisado que os denunciados agiram impelidos por motivo torpe, porquanto o crime foi motivado em razão de que a vítima já sofreu tentativa de homicídio anterior por parte do denunciado Leandro”, anotou a Promotoria na denúncia.

 

 

Elias vai cumprir a pena no regime semiaberto com a possibilidade de recorrer em liberdade. Já Leandro segue no regime fechado na Unidade Prisional Avançada (UPA) por causa de antecedentes.

 

Segundo o escritório de advocacia Nunes, Noernberg e Camargo, que defendeu os réus, Elias vai recorrer da sentença. Leandro ainda estuda se recorre ou não.





Deixe seu comentário: