segunda-feira, 16

de

maio

de

2022

ACESSE NO 

Acusado de tentativa de homicídio no interior de Canoinhas é absolvido

Imagem:Arquivo

Últimas Notícias

- Ads -

Pedro Neves é acusado de atirar contra Etson Damaso da Silveira

Pedro Neves foi inocentado da acusação de tentativa de homicídio em julgamento ocorrido nesta sexta-feira, 22. O julgamento aconteceu no Fórum da comarca de Canoinhas.

Neves é acusado de, em março de 2014, ter tentado matar a tiros o desafeto Etson Damaso da Silveira.

Segundo a denúncia do Ministério Público, armado, Neves foi até um bar da localidade de Rio d’Areia do Meio, interior de Canoinhas, onde estava Etson. Ele chegou a cumprimentar o desafeto e, ao encostar no balcão, sacou de um revólver e disparou um tiro contra Etson. A bala acabou atingindo a parede do bar. Etson se atirou até o chão e fugiu em seguida, deixando um chinelo para trás.

Neves perseguiu Etson e disparou mais um tiro, mas não atingiu o inimigo. Etson se embrenhou em uma plantação de milho e conseguiu escapar.

Neves foi absolvido da acusação de tentativa de homicídio, mas foi condenado a quatro anos em regime aberto pelos disparos e por porte ilegal de arma de fogo.

Atuaram na defesa de Neves os advogados Alisson de Camargo e Andrielli Kluczkovski. O júri foi presidido pelo juiz Eduardo Veiga Vidal. O Ministério Público foi representado pela promotora Mariana Pagnan Silva de Faria, que pode recorrer da sentença.