sexta-feira, 1

de

julho

de

2022

ACESSE NO 

74 anos da tragédia de Valinhos

Últimas Notícias

- Ads -

Os relatos de sobreviventes do episódio que matou 23 pessoas no interior de Canoinhas

Dia 16 de maio 1948, uma noite de horrores transformaria para sempre a localidade de Valinhos no interior de Canoinhas. Era domingo quando às 20h15 um fenômeno, que não se sabe se era um tornado ou uma microexplosão, que durou pouco mais de 2 minutos, matou 23 pessoas e levou pelos ares serraria, armazém, casas, a Igreja e a escola.


Na manhã de 17 de maio o cenário da localidade era desolador: Aves mortas, cavalos, bois, vacas, atravessados por tábuas e lascas de madeira. Árvores derrubadas pela violência do flagelo, outras de pé sem um só galho. Famílias desabrigadas choravam a perda de seus entes queridos que jaziam em meio a destruição.

Na edição do dia 20 de maio de 1948 do jornal Correio do Norte relatos da tragédia preenchem a capa. Além dos nomes das vítimas.

Nesta segunda-feira, 16, se completam 74 anos do fatídico temporal. Para relembrar, o JMais traz a reportagem especial produzida em 2018, quando o tragédia completou 70 anos, por Edinei Wassoaski, com relatos de sobreviventes.