quinta-feira, 16

de

setembro

de

2021

ACESSE NO 

25% dos consumidores em SC não pretendem tomar vacina contra covid

Últimas Notícias

- Ads -

Dados foram apurados em sete cidades antes da aprovação da Anvisa

 

 

 

Um em cada quatro consumidores catarinenses não pretende tomar a vacina contra a Covid-19, segundo dados levantados pela Fecomércio SC em sete cidades de Santa Catarina. O percentual preocupante aparece na pesquisa de avaliação do consumidor após  o Natal, realizada entre 26 de dezembro e 12 de janeiro.

 

>> LEIA A PESQUISA NA ÍNTEGRA

 

 

Questionados sobre a intenção de tomar a vacina aprovada pela Anvisa, 63,6% responderam que ‘sim’, 24,4% afirmaram que não, 6,6% ‘não sabem ou não responderam’ e 5,4% disseram ‘depende’, o que pode apontar a desconfiança ou falta de informação. Os dados foram apurados antes da aprovação da vacina na Brasil.

 

 

 

Conforme o recorte por escolaridade, tendem a rejeitar mais a vacina os consumidores catarinenses sem ensino superior (73%). Já entre aqueles que afirmaram a intenção de tomar, a proporção cai para 58,8%.

 

 

 

COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR

O processo de decisão de compra mudou durante a pandemia. De acordo com a pesquisa, o principal critério para comprar em loja física no Natal foi a disponibilização de álcool em gel (71,4%), seguido pelo uso correto da máscara pelos colaboradores do estabelecimento (53,3%) e controle de acesso e limitação de pessoas no estabelecimento (36,7%). Exigência do uso de máscaras pelos clientes (34,7%) e medição de temperatura (32,3%) também foram citados.

 

 

 

A pesquisa foi realizada com consumidores de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages e Itajaí. O erro amostral é de 5%, com significância estadual de 95%.