Polícia Civil prende suspeito de matar a ex-companheira em Caçador


Divulgação/Polícia Civil

Crime ocorreu na madrugada de segunda-feira, 30

 

 

 

A Polícia Civil cumpriu na manhã de terça-feira, dia 1.º, um mandado de prisão preventiva contra o homem suspeito de ser o autor do feminicídio ocorrido na madrugada de segunda-feira, 30, em Caçador. A vítima, a sua ex-companheira, foi morta na frente do filho de dois anos.

 

 

 

O suspeito do crime havia se apresentado com o advogado, tendo se reservado o direito de permanecer em silêncio e de se manifestar apenas perante a Justiça. Segundo a legislação, a apresentação espontânea do suspeito impede a respectiva prisão em flagrante e por isso ele havia sido liberado após prestar depoimento.

 

 

 

A Polícia Civil, então, representou pela sua prisão preventiva, que foi deferida pela Justiça após manifestação favorável do Ministério Público. Na manhã de terça-feira, equipes da Divisão de Investigação Criminal (DIC) cumpriram a ordem de prisão próximo ao bairro Bom Sucesso.

 

 

 

O delegado de Polícia Davi de Matos destacou a sintonia da atuação das forças de segurança pública de Caçador, que foi determinante na apuração deste caso, assim como a atuação da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher a ao Idoso (DPCAMI), responsável pelo inquérito policial. O autor foi encaminhado ao Presídio Regional de Caçador.





Deixe seu comentário: