Polícia Civil e OAB/SC assinam convênio que prevê salas para advogados em delegacias de polícia


Divulgação/PCSC

Iniciativa começará nas centrais de plantão em Chapecó, Joaçaba e Concórdia

 

 

Um convênio assinado nesta sexta-feira, 27, pela Polícia Civil de Santa Catarina e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SC) prevê a disponibilização de salas em delegacias de polícia para serem utilizadas por advogados. A iniciativa começará nas centrais de plantão em Chapecó, Joaçaba e Concórdia.

 

 

 

As instituições assinaram um acordo de cooperação técnica em uma solenidade realizada no começo da tarde, na OAB/SC, em Chapecó, e acompanhada virtualmente por autoridades. Há expectativa que alcance todo o Estado gradativamente, conforme a disponibilidade local.

 

 

 

“Certamente este projeto engrandece a cidadania, a democracia e demonstra o respeito que a Polícia Civil tem com a OAB como um todo. Os advogados terão condição digna de trabalhar e assistir ao cidadão”, destacou o presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial e Delegado Geral da Polícia Civil de SC, Paulo Koerich.

 

 

 

Na solenidade, Koerich aproveitou o momento para reforçar a bandeira em defesa das mulheres e de uma cultura de respeito, diante do recente aumento do número crimes praticados, por exemplo, em casos de feminicídios.

 

 

 

“RESPEITO INSTITUCIONAL E GRATIDÃO”

Para o presidente da OAB/SC, Rafael Horn, o ato demonstra um relacionamento de respeito institucional grande e fortalece o Estado de Santa Catarina ao garantir a cidadania e serve de exemplo a todas as polícias do Brasil.

 

 

 

“Tenho certeza que este acordo não ficará restrito no Oeste, mas compartilhado no Estado. Celebramos este momento com especial gratidão”, assinalou o presidente.

 

 

 

Horn ressaltou também a importância que os espaços trarão para o atendimento, por exemplo, às mulheres vítimas de violência doméstica e aos presos em flagrante que necessitarem de orientação jurídica.





Deixe seu comentário: