Hospital Santa Cruz esclarece cancelamento das cirurgias eletivas

Hospital Santa Cruz, de Canoinhas/Divulgação

A medida cautelar durou apenas oito dias e teve de ser implementada temendo não haver insumos, segundo o HSCC

 

 

O Hospital Santa Cruz de Canoinhas (HSCC) divulgou na tarde desta terça-feira, 12, uma nota esclarecendo o cancelamento das cirurgias eletivas no mês de janeiro. Confira a nota na íntegra:


 

 

“Devido às dificuldades financeiras que ocasionou em atraso de pagamento aos fornecedores de materiais e medicamentos, o Hospital Santa Cruz suspendeu as cirurgias eletivas temporariamente, em 22 de janeiro. Inclusive as cirurgias particulares e de convênio.

 

 



No dia 30 de janeiro as cirurgias foram retomadas normalmente. A medida cautelar durou apenas oito dias e teve de ser implementada temendo não haver insumos de urgência e emergência. O sucesso da assistência hospitalar está intimamente ligado aos medicamentos, técnicas e materiais utilizados para sua realização e, nesse contexto o Hospital Santa Cruz prima sempre pela resposta imediata.

 

 

No momento da suspensão, não havia nenhum Termo de Pactuação de Cirurgias Eletivas vigente, com o Estado tampouco com o município. Sendo assim a medida tomada em período de crise não gerou prejuízo aos pacientes nem quebra contratual.  As cirurgias eletivas do SUS (Sistema Único de Saúde), precedem de um Termo de Pactuação, seja com o município ou com o Estado e até o presente momento as campanhas para o ano de 2019 ainda não foram lançadas.

 

 

O QUE SÃO

Cirurgias eletivas são consideradas cirurgias que não caracterizam nem urgência, nem emergência; cujas realizações podem ser programadas com antecedência.

Deixe seu comentário: